Eleições
Publicado em 11/07/2018 13h14

DEM quer vaga para Vice e Senado apoiar PSDB, diz Zauith

A proposta do partido é de Murilo Zauith como candidato ao Senado e do deputado José Carlos Barbosa ser vice do governador.

Da redação

O partido dos Democrátas (DEM) está de olho em duas vagas para efetivar apoio ao partido go governador Reinaldo Azambuja (PSDB). A executiva regional do DEM pode optar por encampar a chapa à reeleição de Reinaldo, se puder indicar o candidato a vice-governador e uma das duas vagas para disputa ao Senado, segundo afirmou nesta quarta-feira (11) o presidente estadual, o ex-vice-governador e ex-prefeito de Dourados, Murilo Zauith

Segundo o ex-prefeito de Dourados e ex-vice-governador, Zauith, a proposta aos tucanos é que ele fique com uma das duas vagas em disputa do Senado na chapa do PSDB e o deputado José Carlos Barbosa seja o candidato a vice de Reinaldo. Se a ideia não for aceita dentro da cúpula tucana, o Democratas vai avaliar qual será o 'plano b' para as eleições.

"Os dois deputados federais levaram essa proposta para o Reinaldo", revelou Zauith, ex-prefeito de Dourados e ex-vice-governador, referindo-se a Luiz Henrique Mandetta e Tereza Cristina.

O pedido, poderia criar um impasse na chapa tucana, que já tem dois nomes postos para esta disputa, os pré-candidatos a senador Marcelo Miglioli (PSDB) e Nelsinho Trad (PTB). A chega de Murilo implicaria na desistência de um destes dois.

Mais cedo, o deputado José Carlos Barbosa disse que havia consenso dentro do partido sobre o assunto. Ambos de Dourados, os nomes foram escolhidos porque a legenda considera importante ter lideranças da segunda maior cidade na chapa do PSDB.

O partido Demiocrátas é considerado por lideranças das demais legendas como a "noiva" no pleito eleitoral deste ano. Isso porque, em âmbito nacional, o DEM foi um dos que mais atraiu políticos por meio da janela partidária.

 
component obsolete or component error