Fatalidade

Criança de dez anos morre dias após apanhar na saída da aula

Vítima passou por cirurgia devido a um coágulo na virilha e morreu

 

06/12/2018 12h20 Por: Redação

 
Arquivo CG News Arquivo CG News

Um estudante da escola Estadual Lino Vallachá, de apenas 10 anos, morreu nesta (6) na Santa Casa de Campo Grande, aós uma cirurgia. Ha cerca de uma semana a criança foi agredida por três alunas na hora da saída da escola, que fica na zona norte, em Campo Grande.

De acordo com os fmailiares da vítima, duas das agressoras têm 14 anos e uma delas também teria apenas 10 anos. O pai da vítima relata que as as meninas estudavam no período vespertino e na hora do intervalo de aulas no último dia 29, o trio teria se desentendido com a filha e haviam a ameaçado, dizendo que a ‘pegariam’ na saída.

O pai da menor agredida informa que uma das meninas chegou a afirmar que bateria na criança até deixá-la ‘em uma cadeira de rodas’. Já na hora da saída, as três teriam abordado a criança e a agrediram fora na escola.

Após as agressões, a vítima reclamou de dormência nas pernas e ficou caída no chão até a chegada do resgate que a encaminhou para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento). Depois do atendimento, a criança ficou em observação e recebeu alta no dia seguinte. Mas, alguns dias depois, a vítima começou a reclamar de dores na virilha e foi levada novamente até uma UPA.

No atendimento, descobriram um coágulo e então a menina passou por uma cirurgia, porém não resistiu e acabou morrendo hoje pela manhã. No dia em que aconteceram as agressões, o caso foi registrado na delegacia. O pai da menor que apanhou informou ainda que a mãe de uma das meninas de 14 anos chegou a ameaçá-lo. Na última segunda-feira (3), a mãe da menina de 10 anos também ameaçou a família ao defender a filha.

Envie seu Comentário