Aumento

Salário do prefeito pode chegar a mais de R$ 34 mil após reajuste

Atualmente o chefe do executivo municipal recebe R$ 20,4 mil

 

06/12/2018 14h28 Por: Redação

 

Foi aprovado em regime de urgência na sessão desta quinta-feira (6), reajuste nos vencimentos do prefeito Marquinhos Trad (PSD), vice-prefeita e secretários. Eles também reajustaram os próprios salários a partir de 2021.

Os proventos do chefe do executivo municipal subirá já a partir de janeiro do próximo ano e pode chegar a R$ 35,4 mil, já que leva em conta o reajuste nos salários dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), que elevou de R$ 33 mil para R$ 39 mil. Atualmente, o chefe do Executivo recebe R$ 20,42 mil, sem os descontos previstos em lei.

A medida é reflexo da aprovação de uma proposta de Emenda à Lei Orgânica da Capital, que foi votada junto com o projeto de lei que alterou o salário dos parlamentares. São três trechos específicos:

De acordo com estas mudanças, o aumento no salário do prefeito cria um efeito cascata nos salários do primeiro escalão da gestão municipal.

Na justifica do projeto, assinado pelo presidente da Câmara de Campo Grande, vereador João Rocha (PSDB) diz que "a atual Lei Orgânica foi revisada pela última vez através da Emenda n. 28, de 14/07/2009, ou seja, há quase 10 anos, o que por si só justifica a apresentação da presente reforma".

A emenda à Lei Orgânica do Município de Campo Grande passa a vigorar na data da sua publicação.

Foram 22 votos a favor do reajuste, 2 contra e 4 vereadores estavam ausentes na votação.

Envie seu Comentário