Polícia Rodoviária

Em duas ações, PMR apreende quase 800 quilos de maconha

As apreensões ocorreram nas rodovias MS-162 e MS-289

 

11/01/2019 14h03
Por: Redação

 
Divulgação Divulgação

Em duas ações da Polícia Militar Rodoviária, nesta manhã (11), resultaram na apreensão que quase 800 quilos de maconha, além da prisão de três pessoas envolvidas com o transporte da droga, em duas rodovias estaduais. Uma delas era foragida da justiça.

Segundo a PMR, a primeira ocorrência foi registrada às 7h30 na MS-289 em Amambai. Foram presas duas pessoas.

Segundo o boletim de ocorrência, a equipe realizava fiscalização, quando abordaram um VW Gol com placas de Caarapó, conduzido por um homem de 26 anos, que havia já sido abordado anteriormente na MS-156, entre os municípios de Caarapó e Amambai, na companhia de outra pessoa, de 29 anos.

Após alguns instantes, os policiais abordaram um segundo veículo VW Gol com placas de Giania (GO), estando nele a segunda pessoa, com uma carga de 657 tabletes de maconha, que totalizaram 513 quilos.

O condutor ao ser checado, verificou-se que era evadido do sistema prisional. Os dois foram presos e apresentados na Polícia Civil.

Na segunda ocorrência, a abordagem ocorreu por volta das 10h45 na MS-162, em Dourados.

De acordo com registro policial, foi dado ordem de parada para o motorista de um VW Gol com placas de Brasília (DF), porém não foi respeitada, e deu inicio a uma fuga no sentido a Univeridade Federal da Grande Dourados, sendo que a equipe policial teve que realizar disparos nos pneus do carro, para que o condutor parasse.

Após interceptar o autor, de 20 anos, ele desceu do veículo e prontamente disse aos policiais que estava com uma carga de maconha. Foram encontrados e apreendidos 161 quilos.

Ele relatou ainda que pegou o Gol com o entorpecente próximo a Secretaria de Infra Estrutura na cidade de Ponta Porã e levaria até Goiânia (GO). Receberia pelo transporte R$ 18 mil.

Em relaçao ao veículo, nada de irregular foi constatado. O autor com droga e carro foram apresentados na Polícia Civil de Dourados.

Envie seu Comentário