Dourados

Interno é morto a pedradas e facadas em briga de facções

O corpo foi localizado dentro de tubulação em frente à Penitenciária Estadual de Dourados.

 

16/01/2019 06h36
Por: Redação

 
Osvaldo Duarte/Ddos News Osvaldo Duarte/Ddos News

O interno do regime semiaberto, Jonathan Willian Ribeiro da Silva, de 28 anos, foi morto a facadas e pedradas, no final da tarde de ontem (16) próximo a Penitenciária Estadual de Dourados (PED). O corpo foi localizado no interior de um bueiro, na BR-163.

Segundo o delegado titular do Serviço de Investigações Gerais (Sig), da Polícia Civil, Rodolfo Daltro, na manhã de terça, recebeu uma denúncia anônima dando conta da morte do interno. A partir de então o Sig, com apoio da Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), da Força Tática, do 3º Batalhão de Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), passaram a investigar o caso, conseguindo localizar o corpo e chegar aos autores do crime.

A execução ocorreu próximo a um barzinho às margens da rodovia BR-163, onde nove outros detentos de uma facção rival a do rapaz, armaram uma emboscada para a vítima. Após ser morto, o corpo de Jonathan foi levado até uma tubulação de captação de águas, próximo do presídio semiaberto.

Câmera de um barzinho da região flagou a movimentação dos suspeitos e vítima. Eles ainda teriam pagado uma cerveja para a vítima, como uma forma de atraí-lo para a emboscada, segundo o Dourados News.

Os criminosos foram presos em ação conjunta das forças de segurança, quando prestavam serviço para uma empresa terceirizada. A abordagem ocorreu no final do dia, quando retornavam em um ônibos para o presídio semiaberto.

Em depoimento eles contaram que mataram Jonathan porque ele "estava falando demais" e pertencia a um grupo rival.

Envie seu Comentário