Operação Aplique

PF faz operação contra tráfico de drogas em Campo Grande e São Paulo

A Operação Aplique foi deflagrada no início da manhã desta terça-feira (23) e a PF não divulgou ainda quantos mandados são cumpridos na Capital.

 

23/04/2019 07h14
Por: Redação

 
Os presos e materiais devem ser encaminhados para sede da PF em Campo Grande. Os presos e materiais devem ser encaminhados para sede da PF em Campo Grande.

A Polícia Federal faz na manhã de hoje (23) "Operação Aplique" de combate ao tráfico internacional de drogas e contra a lavagem de dinheiro. São cumpridos 14 mandados de busca e apreensão e um pedido de prisão preventiva em Campo Grande e São Paulo (SP).

Segundo a polícia, o grupo criminoso lavou mais de R$ 30 milhões, obtidos com tráfico internacional de drogas. A Justiça Federal deferiu o sequestro bancário desse valor.

Foi visto uma movimentação de policiais federais em um condomínio na Rua Santana, no Jardim TV Morena.

Investigação

Iniciada em julho de 2017, a investigação começou com o monitoramento de tráfico de entorpecentes por helicóptero.

Os policiais surpreenderam, durante uma tentativa de decolagem, cinco suspeitos com grande quantia de dinheiro. Um desses suspeitos foi preso na cidade do Guarujá, litoral paulista, com 40 quilos de cocaína.

Outro acusado foi preso em outubro de 2018, por ter sido identificado como líder da organização criminosa, no comando de tráfico internacional de drogas no Aeroporto de Guarulhos.

Foram encontrados mais 40 quilos de cocaína nas bagagens de duas mulas, ou seja, pessoas usadas no transporte de drogas a outro país, que tentavam embarcar para a Europa.

As mulas foram presas em flagrante. Os nomes de todos os detidos ainda não foram divulgados.

Nome da Operação

A operação foi batizada de "Aplique" porque depois que a quadrilha começou a ser monitorada, a investigação descobriu que o líder do bando usava salões de beleza da capital paulista para lavar o dinheiro que lucrava com o comércio de entorpecentes.

Envie seu Comentário