Fronteira

Blazer utilizada no atentado ao sobrinho do traficante Pavão é encontrada queimada

Intenção dos pistoleiros seria apagar evidências, dificultando a identificação dos autores

 

06/12/2018 10h00 Por: Redação

 
 Candido Figueredo/ABC Color) Candido Figueredo/ABC Color)

Na madrugada de hoje, um veículo Chevrolet Blazer branca, muito parecida com um dos carros usados no atentado atentado ao sobrinho do narcotraficante Jarvis Gimenez Pavão, que aconteceu na terça-feira, foi encontrado queimado na zona rural de Pedro Juan Caballero (PI).

Segundo os policiais paraguaios, o carro foi encontrado em uma estrada vicinal, em uma área de mata da Colônia Cerro Kora’i, nas proximidades do Cemitério Alemão de Pedro Juan Caballero.

Na opinião do comissário da Polícia Nacional Teófilo Giménez, a intenção dos pistoleiros que possivelmente utilizarama Blazer seria acabar com evidências que pudessem identificá-los. O outro carro que foi usado no atentado a Pedro Gimenez da Luz, 24, uma Volkswagen Space Fox, ainda não foi localizado. Os dois veículos podem ser vistos nas imagens das câmeras de segurança, quando perseguiram a caminhonete de Pedrinho, uma Ford F150 preta.

A vida de Pedrinho foi salva graças a blindagem do veículo, que também salvou a vida de seus dois seguranças. O carro foi alvejado com pelo menos 90 tiros de fuzil AK-47 calibre 7,62. No momento do atentado, uma criança de 9 anos e uma mulher passavam pelo local e ficaram levemente feridas.

Envie seu Comentário