Interior

Mulher é presa pelo DOF com explosivos na MS-295

Suspeita teria adquirido material a pedido de ordens de presidiários

 

18/11/2018 14h26
Por: Redação

 
Artefatos explosivos apreendidos pelo DOF. Divulgação Artefatos explosivos apreendidos pelo DOF. Divulgação

O Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prendeu na noite de ontem (17), em Iguatemi, Danielli Conceição Fernandes, de 25 anos, com dois explosivos e um cordel detonante de 120 centímetros. Ela seria esposa de um dos integrantes da quadrilha presa mês passado ao tentar arrombar banco na cidade de Novo Horizonte do Sul.

A apreensão do explosivo ocorreu durante uma abordagem do bloqueio policial para fiscalização na região de Iguatemi, no Sul do Estado. Os policiais abordaram o motorista de um táxi e, no momento da abordagem policiais, a passageira deixou cair os explosivos que estavam escondidos junto ao corpo, amarrado por um casaco.

Inicialmente a mulher disse que não sabia do que se tratava, porém, acabou confirmando que foi contratada por um homem que se encontra em um presídio de Mato Grosso do Sul, para deslocar-se de Ivinhema, pegar o explosivo em Sete Quedas e retornar para aquela cidade.

O marido dela seria uma das seis pessoas presas no dia 11 de outubro, durante tentativa de roubo a banco em Novo Horizonte do Sul. Com os criminosos, entre eles dois adolescentes, foram encontradas armas de fogo, munições, notebook e diversas ferramentas como marretas, serras, serras elétricas e furadeiras usadas em arrombamentos.

Tendo em vista a complexidade da natureza da ocorrência, uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi acionada, deslocando de Campo Grande para Iguatemi, para desativar e destruir o material explosivo e adotar os procedimentos protocolares conforme Diretriz Operacional da Polícia Militar.

A ocorrência foi registrada e entregue na Defromn (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), em Dourados, para os procedimentos legais.

Envie seu Comentário