Dourados

Comissão processante pede a cassação do vereador Idenor Machado

O documento foi entregue no início da tarde de hoje (16) à Mesa Diretora da Câmara de Dourados.

 

16/05/2019 15h19
Por: Redação

 

Na tarde desta quinta-feira, a comissão processante, através do seu relator, vereador Junior Rodrigues (PR), entregou parecer à Mesa Diretora da Câmara de Dourados, com parecer pela cassaçãodo vereador Idenor Machado (PSDB) por quebra de decoro parlamentar.

Segundo documento, existem provas suficientes da conduta irregular do vereador que foi alvo da Operação Cifra Negra, suspeito de integrar suposto esquema de corrupção na própria Câmara.

Idenor está fora do cargo por determinação judicial desde o dia 13 de dezembro do ano passado.

Ele é apontado pelo Ministério Público Estadual (MPE), por fraudes em processos licitatórios de contratação de empresas especializadas na prestação de serviço de tecnologia de informação. Em troca, os envolvidos são apontados como suspeitos de receber propina de empresários.

Para que ocorra a cassação, são necessários 13 votos no plenário. Ainda não foi marcada a data da sessão de julgamento do parlamentar afastado.

Ontem (15), o vereador Cirilo Ramão (MDB), também preso na Cifra Negra, foi absolvido em Plenário com seis votos contrários à cassação do emedebista. Votaram à favor do parlamentar Junior Rodrigues, Jânio Miguel e Bebeto, todos do PR, Maurício Lemes (PSB), Carlito do Gás (Patriota) e Juarez de Oliveira (MDB).

Envie seu Comentário