AGRO NÃO PARA

Plataforma de comercialização digital vai auxiliar produtores de MS durante pandemia

 

04/05/2020 10h00
Por: Agência Famasul

 
Foto: João Castro Foto: João Castro

Com objetivo de aproximar produtores rurais e consumidores e amenizar os impactos da pandemia da Covid-19 no campo, o Senar e a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) lançaram, no mês de abril, o portal "Mercado CNA". A plataforma, que vai integrar também empresas de logística para facilitar a comercialização de produtos agropecuários, é assunto da editoria "Mercado no Campo" desta semana.

A iniciativa tem apoio do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento). "É uma ferramenta inovadora que pretende auxiliar os produtores nesse momento de restrições sociais, em que as pessoas evitam sair de suas casas, devido às recomendações dos órgãos oficiais de saúde, e em que há mudanças no perfil de consumo", comenta a diretora-técnica do Sistema Famasul, Mariana Urt.

Com um visual moderno, de fácil interação e navegabilidade, o ambiente online possui espaços específicos para cada integrante da cadeia de comercialização: o produtor rural, comprador e o transportador.

No cadastro, que é totalmente gratuito, os produtores precisam informar a região de atuação e os produtos ou serviços que têm à disposição. Já os interessados em comprar devem informar a demanda e a abrangência. Em seguida, o produtor poderá negociar com compradores, acompanhar as vendas e consultar relatórios para gerenciar a movimentação comercial.

As entregas poderão ser feitas por empresas de logística com atuação nacional ou regional, que estiverem cadastradas na plataforma.

"Entendemos que o portal agiliza a comercialização durante a pandemia, mas também que se torne uma nova alternativa de vendas para pequenos e médios produtores após esse período mais crítico. É a tecnologia a favor do campo", reforça.

Envie seu Comentário