DE VOLTA À ROTINA

Academias focam em atendimento personalizado e cuidado redobrado em tempos de Covid-19

Uma das academias da capital afirma que alunos também podem se exercitar em casa com aulas online e equipamentos alugados

 

02/05/2020 12h30
Da redação com informações da assessoria

 
Foto: Wilson Jr

Em Campo Grande, a volta do funcionamento das academias em tempos de Covid-19 foi autorizada pela Prefeitura Municipal. Com uma série de restrições de saúde e higienização bastante rígidas, elas reabriram as portas nas últimas semanas, mas algumas alegam que os alunos ainda não voltaram.

No entanto, a Mais Academia localizada na vila Morumbi, já trabalhava antes da pandemia com um atendimento diferenciado. O proprietário Ivan Sousa conta que atualmente teve uma boa adesão com cerca de 70% dos alunos de volta às atividades.

"Mesmo antes da pandemia, sempre trabalhamos com poucos alunos por horário. A ideia é que o atendimento fosse mais personalizado e com mais foco no aluno, portanto, hoje, com as restrições de lotação, conseguimos trabalhar em um sistema que sempre foi familiar para nós", explica.

Um dos alunos da academia, o DJ Diego DS conta que já estava com saudades de treinar e quando foi autorizada a volta das academias, não pensou duas vezes em retomar as atividades físicas. "Como sempre procurei ir em horários com menos pessoas, foi tranquilo", afirma.

De modo geral, as academias devem ter o cuidado com o bem-estar, limpeza e higienização dos equipamentos, por serem compartilhados. Mas, agora durante a pandemia do Covid-19 esses e novos cuidados devem ser redobrados.

Devem ficar à disposição em todos os cantos álcool em gel para limpeza, outro ponto importante é que por onde você caminhar, veja pontos adesivados para preservar a distância de um aluno para o outro ( no minímo 1,5).

Além disso, na Mais Academia os alunos passam por aferição da temperatura corporal logo na entrada e contam com um área externa, aberta para a realização dos exercícios.

Quem está nos grupos de risco ainda não pode voltar à academia, mas pode ter aula online com acompanhamento profissional ao vivo, via internet, para que os exercícios fossem realizados da melhor maneira possível. Outra possibilidade disponibilizada por Ivan, é o aluguel de aparelhos para quem deseja treinar em casa.

Recomendações

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que os exercícios físicos são essenciais, mesmo para quem está em casa, isolado socialmente. Outras organizações de saúde como o Colégio Americano de Medicina do Esporte (ASCM) e a Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE), endossam essa determinação, uma vez que a prática regular de exercícios físicos está associada a uma melhora da função imunológica em seres humanos.

Além disso, aponta ainda que pessoas ativas fisicamente têm menor chance de apresentar diversas patologias crônico-degenerativas que levam seus portadores a serem considerados de maior risco para a infecção pelo coronavírus e, ainda, que os exercícios são importantes, principalmente, para os idosos, comprovadamente bastante vulneráveis a esta pandemia.

Envie seu Comentário