Atenção motoristas

Dois novos radares começam a multar a partir de hoje na Afonso Pena

Atualmente na Capital existem 65 gerando multas e seis em caráter educativo

 

19/09/2019 06h10
Por: Redação

 

Mais dois aparelhos de fiscalização eletrônica começam a gerar multas nesta quinta-feira (19), na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande. Segundo informações da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), já são 65 equipamentos multando e outros seis em caráter educativo.

Os novos equipamentos estão localizados nos ambos sentidos da avenida, próximo ao Hospital São Lucas. O limite de velocidade é de 50 quilômetros por horas. Os aparelhos estavam funcionando em caráter educativo desde o dia 4 de setembro.

Outros seis radares e lombadas começaram a operar em caráter educativo no dia 11 de setembro e o prazo segue até o dia 25 de setembro, passando a funcionar com geração de multas no dia 26.

Os aparelhos foram instalados na Avenida Tamandare com a Rua Netuno (ambos sentidos), Avenida Afonso Pena com a Avenida Presidente Ernesto Geisel (ambos sentidos) e na Avenida Presidente Ernesto Geisel com a Avenida Afonso Pena (ambos sntidos).

De acordo com levantamento da Agetran, de 2017 para 2018, período em que os radares foram removidos da Capital, houve um aumento de aproximadamente 25% no número de mortes no trânsito, devido à presença da alta velocidade.

Diante do novo contrato com o Consórcio Cidade Morena Perkons, a Capital está recebendo, dentro de um cronograma estabelecido 97 radares, 30 lombadas eletrônicas e 109 equipamentos mistos - popularmente conhecidos como "olho vivo" porque além de medir a velocidade, também multa quem passa no sinal vermelho, para sobre a faixa de pedestres e faz conversões ou retornos proibidos.

A empresa receberá R$ 15,4 milhões para instalar, manter e operar o sistema na Capital.

Envie seu Comentário