PROJETO DE LEI

Projeto do deputado Jamilson que prevê Libras nas escolas avança na Assembleia

 

21/05/2020 13h05
Da redação com informações da assessoria

 
Divulgação Divulgação

A Comissão de Constituição Justiça e Redação da Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira (20) o Projeto de Lei do deputado estadual Jamilson Name que inclui o tema Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, como conteúdo transversal, nos componentes curriculares das Escolas da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul.

Pela proposta, as escolas de Ensino Médio poderão incluir a temática da Libras em caráter complementar no conteúdo programático. Conforme o deputado Jamilson, o objetivo é popularizar as noções básicas sobre Libras para inclusão da população surda e melhorar a forma de comunicação entre as pessoas.

"A inclusão da Libras vai além de simplesmente chamar a atenção para a necessidade de familiarizar nossos jovens e adolescentes com a população surda. A medida vai proporcionar efetivamente a inclusão das pessoas que utilizam essa linguagem no meio escolar e também na comunidade. Dessa forma, teremos propagadores da Libras em grande parte das famílias do nosso Estado", explica o deputado Jamilson.

O Projeto de Lei também destaca que o conteúdo oferecido pelas escolas poderá ser elaborado pela Secretaria de Estado de Educação. Entre as ferramentas para a inclusão da temática nas escolas estão o desenvolvimento de palestras e atividades de comunicação e expressão em que o sistema linguístico de natureza visual e motora se torne familiar aos estudantes e comunidade escolar.

"Essa iniciativa faz com que o Estado reconheça cada vez mais a importância de apoiar o uso da Língua Brasileira de Sinais como meio de comunicação objetiva e de utilização corrente das comunidades surdas do Brasil e vai permitir que um número maior de pessoas tenha acesso aos fundamentos dessa forma de expressão", conclui o deputado Jamilson.

O Projeto de Lei segue para plenário e deve ser votado nas próximas semanas pelos deputados estaduais.

Envie seu Comentário