Caso Chocante

Homem que matou bebê jogando de cabeça no chão sofre de esquizofrenia

 

13/12/2019 17h12
Por: Alan Diógenes

 
A mãe está inconsolada. (Foto: Paulo Francis) A mãe está inconsolada. (Foto: Paulo Francis)

Testes médicos diagnosticaram o homem que matou uma menina de 3 anos, na tarde de quarta-feira, 11, ao retirar ela do carrinho e a arremessar de cabeça no chão, como sendo uma pessoa que sofre de esquizofrenia. O caso chocou a sociedade de Campo Grande.

Ele era uma pessoa desconhecida quando avistou o carrinho com o bebe sendo empurrado pela mãe, correu, pegou a criança de forma repentina e a jogou no solo. A mãe não teve tempo de defesa.

Em entrevista a imprensa, ela disse que não teve tempo de salvar a filha. Os médicos da Santa Casa constataram que a morte da criança foi encefálica.

A mãe, que preferimos não identificar na matéria, estava com outras crianças quando o crime aconteceu. A família da vítima não se conforma com o laudo médico sobre o estado de consciência do autor.

Ele foi encaminhado para a ala psiquiátrica do Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, na saída Para Três Lagoas.

Envie seu Comentário