Denúncia

Pais são presos, após agredirem e queimarem filhos com cigarros em cidade de MS

 

25/03/2020 16h43
Por: Alan Diógenes

 
(Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar e o Conselho Tutelar de Sanga Puitã, distrito de Ponta Porã, a 299 quilômetros de Campo Grande, resgatou, na noite de ontem (24), dois irmãos de 9 e 10 anos, que segundo denúncia, estavam sofrendo tortura por parte dos pais.

De acordo com nota divulgada pela polícia, as crianças sofriam queimaduras de cigarro e eram agredidas até sangrar. Testemunhas pararam uma viatura que fazia ronda na região onde a família mora e relataram o fato.

O Conselho Tutelar foi acionado pela equipe e juntos os órgãos de proteção e segurança foram até o endereço mencionado pelos populares. Lá, os menos revelaram que realmente eram agredidos com brutalidade e os pais utilizavam espada de São Jorge.

As agressões só acabam quando as crianças começavam a gritar chamando a atenção de vizinhos. Também disseram que eram queimadas com cigarro.

O menino estava com várias lesões nas costas, segundo ele, feitas pela mãe, de 30 anos. E a menina tinha queimaduras no braço, segundo ela, feitas pelo pai, de 32. Ela também tinha cicatrizes pelo corpo.

Mãe disse que agrediu os filhos porque eles foram mal na escola e o pai negou as agressões.

Os dois foram levados para a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã e as crianças foram para o CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social).

Envie seu Comentário