O Detran deve isolar as agências no Estado e funcionários reclamam da falta de aviso institucional

30/05/2020 12h15
Da redação

A diretoria do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) confirmou neste sábado (30) o segundo servidor da instituição em Campo Grande, contaminado pelo novo coronavírus, o Covid-19. O órgão também informa que os casos já foram isolados e uma reunião foi feita com as outras dez unidades no Estado.

No entanto, a situação gerou preocupação por parte dos outros servidores e reclamam da falta de transparência e informações instituicionais sobre os casos confirmados e suspeitos. Eles temem um surto coletivo de coronavirus.

O diretor-presidente Rudel Trindade tenta tranquilizar os trabalhadores. “Nós recebemos essa informação da confirmação da própria servidora ontem à noite, mas já bem tarde. Já estamos tomando todas as providências. Estamos nesta manhã desinfetando todo o prédio do Detran em Campo Grande. Entrei em contato com a Secretaria Municipal de Saúde e estamos verificando que providências tomar”, explica.

O Sindetran (Sindicato dos Servidores de Departamento Estadual de Trânsito de MS) já havia feito críticas ao órgão desde o primeiro caso confirmado da doença. “Demoraram para isolar todo mundo que teve contato. Afastaram só o bloco 2. Esse novo servidor confirmado é do bloco 9, da presidência, que recebe diversas pessoas”, apontou.

Segundo o site Midiamax, Trindade afirmou que está verificando a possibilidade com a SES (Secretaria de Estado de Saúde) de testar todos os funcionários que tiveram contatos com casos confirmados dentro do Detran-MS.

Divulgação

Comentários