29.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 23 de fevereiro, 2024
spot_img

ACICG aponta para otimismo dos lojistas e prevê aumento de vagas temporárias

O movimento de compras de presentes e celebrações para este final de ano é visto com ‘bons olhos’ pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG). Para atender a demanda esperada de público, as lojas deverão investir na contratação de colaboradores extras e temporários.

Uma pesquisa divulgada hoje (07) pela entidade representativa apontou que 64% dos empresários campo-grandenses deverão abrir vagas de trabalho neste final de ano. A maior parte destas contratações deverão ocorrer no próximo mês de dezembro. A expectativa da ACICG é de que sejam geradas cerca de 2,2 mil oportunidades de trabalho temporário neste final de ano.

De acordo com os dados, a maior parcela dos entrevistados, 81,5%, disse que deve contratar até 2 pessoas entre outubro e dezembro, outros 12% pretendem incorporar até 5 funcionários. Apenas 4,6% esperam aumentar o quadro de colaboradores em até 7 pessoas e 1,5% disseram que devem agregar 10 pessoas ou mais à equipe.

Entre os que ofertarão oportunidades de trabalho, a maioria (57%) vai abrir mais vagas este ano do que em 2022. Sobre isso, o presidente da ACICG, Renato Paniago, disse que a perspectiva está melhor. “No ano passado, a economia sofreu reflexos da troca de governo e um cenário ainda de incertezas sobre as políticas que seriam adotadas”, detalhou. 

“Esse foi mais um indicador que comprovou o otimismo da classe empresarial. Em 2022, a maioria respondeu que a previsão de contratação seria igual a de 2021. Apenas 11% dos entrevistados revelaram que estavam abrindo mais oportunidades de trabalho naquele período”, complementou o dirigente.

O levantamento “Perspectivas de contratação de final de ano” foi realizado em outubro e contou com a participação de 102 empresários dos setores de vestuário, eletrônicos, calçados, brinquedos, perfumaria, jóias, alimentos, ótica, alimentação, entre outros.

Fale com a Redação