Bebê (Foto: Ilustração/Pixels)

A silenciosa madrugada deste sábado (25) na unidade policial de Nova Alvorado Sul foi interrompida por um telefonema. Do outro lado da linha uma família em desespero solicitava a ajuda rápida e urgente daquela guarnição pois o filho do casal, de apenas seis dias de vida, havia se engasgado com o leite materno.

Eficazes e agieis como manda a profisssão, os policiais se deslocaram para a casa da família ao mesmo tempo em que uma militar permaneceu no telefone reportando orientações sobre como a mãe e a avó deveriam proceder para desengasgar o bebê.

Ao adentraram a residencia, os policiais se deparam com o recém-nascido já imovel, aumentando a tensão da ocorrência. A mãe, a avó e a criança, naquela altura desacordada, foram colocadas rapidamente na viatura e levadas às pressas para o hospital.

Com o tempo correndo ao desfavor do bebê, ainda durante o percurso, o sargento Emerson fez dentro do carro a Manobra de Heimlich, nome da técnica de primeiros socorros para caso de asfixia por obstrução das vias respiratórias.

O procedimento de urgência foi eficaz e logo a criança despertou para o alívio de todos ali presente. Quando chegaram ao hospital, o recém-nascido já se movimentava e a coloração da pele, que chegou a ficar roxa, voltou ao normal.

O caso foi registrado como socorro e resgate de pessoa com vida.

Comentários