22.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 12 de abril, 2024
spot_img

Acolhida de volta às aulas foca no bem-estar e conta com visita de ex-aluna, hoje secretária de Estado

Cerca de 180 mil estudantes voltaram às aulas nas escolas da REE (Rede Estadual de Ensino) nesta quarta-feira (21), nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. Com foco no bem-estar dos alunos, acolhidas com os professores e servidores administrativos das escolas foram realizadas e, em uma delas, houve até participação de ex-aluna que hoje é secretária de Estado.

A história aconteceu na Escola Estadual Professora Maria de Lurdes Toledo Areias, no Conjunto Residencial Recanto dos Rouxinóis. Lá, os alunos foram recebidos com música na entrada da unidade e, às 9h, a diretora Adriana Bellei promoveu um momento com todos os estudantes na quadra da escola, apresentando os professores e servidores administrativos do Toledo Areias.

Foi em meio a esse momento que a escola recebeu a visita da secretária de Estado de Cidadania, Viviane Luiza, ex-aluna dali. Uniformizada com as novas vestes que vão trajar os estudantes da rede sul-mato-grossense de ensino, a secretária aproveitou a oportunidade e bateu um papo com os estudantes que iniciavam a jornada letiva de 2024.

“Pelos corredores consegui reviver as memórias dos 8 aos 13 anos, quando estudei aqui. Encaro a educação como um dos principais alicerces para a garantia da cidadania plena. Vim a convite do secretário de Educação, Hélio Daher, e pude participar dessa acolhida e incentivar o estudantes a terem forças para continuar, ousar e tonar os nossos sonhos possível”, destaca Viviane.

A secretária ainda completou dizendo acreditar que “vir de um bairro em contexto periférico me fez, desde pequena, a ter um olhar atento às necessidades das comunidades. Que essa volta às aulas seja inspuradora para os estudantes”, conclui a chefe da pasta de Cidadania de Mato Grosso do Sul.

Secretária Viviane uniformizada com o novo traje das escolas estaduais de MS e com o microfone em mãos, conversando com os alunos que a ouvem, todos sentados e perfilados na quadra de esportes coberta
Foto: Matheus Carvalho/SEC

Quem saiu, voltou, e quem vai sair, já lamenta

Samuel Gregório de Oliveira tem 17 anos e hoje está vivendo seu último ‘primeiro dia de aula’ na instituição na qual foi alfabetizado. Ele iniciou sua vida estudantil na Toledo Areias e agora, cursando o 3º ano do Ensino Médio, começando sua despedida da escola que ele viu se transformar ao longo dos anos.

“Eu entrei aqui no 1º ano do fundamental, a escola era amarela, depois ela foi pintada de azul, e agora ela é verde. Tudo que eu sou hoje aprendi aqui, aprendi que posso ser o que eu quiser. A escola me ensinou a ser eu mesmo e a confiar em mim. Vou sentir muita falta de todos. A Areias me transformou”, diz Samuel.

Já o professor de História, Luciano Mendes e Silva, que está na escola desde 2015, afirma que com o passar dos anos os desafios aumentam, principalmente com a facilidade da internet na palma da mão, através do celular. Para ele, a saída é inovar na maneira de apresentar a disciplina aos estudantes.

“Sempre é um grande desafio o início do ano letivo e é preciso se reinventar para prender a atenção deles no conteúdo. Eu recorro aos recursos audiovisuais, uso o data show e tento fazer uma aula bem dinâmica. Hoje foi só acolhida, mas a partir de amanhã já tem conteúdo para todos”, garantiu o professor.

A aluna Emanuelly Pereira Shwerz Bueno, de 15 anos, inicia seus estudos no Ensino Médio e diz estar feliz por essa nova etapa e pronta para os novos desafios quem vem pela frente.

“Me deparei com mais matérias, e isso é um grande desafio. Mas pretendo manter minha meta pessoal, que é de ter notas sempre acima de oito”, diz, confiante.

A diretora Adriana Bellei está à frente da escola desde 2016 e, hoje, vestida com uma camiseta bem simbólica, com um Rouxinol fazendo um ninho com livros e com o mundo a sua volta – em referência ao bairro que a escola é localizada – ela explica. “Aqui o Rouxinol está fazendo um ninho com os livros, se preparando para o mundo. Os ovinhos são um referencial aos novos alunos que sempre chegam”.

Estudante Emanuelly, de cabelo levemente encaracolado e pele branca, falando sobre a vivência escolar.
Aluna Emanuelly – Foto: Ricardo Agra/SED

Uniformes novos e kits escolares

Os estudantes estão entusiasmados com os novos uniformes e na expectativa de já usarem a ‘camiseta azul’. Nos corredores do Toledo Areias esse era o questionamento: “quando vamos receber a camiseta azul?”. A resposta logo veio: a logística de entrega dos kits e uniformes já está sendo realizada e deve se estender durante o mês de março no interior do Estado, considerando a complexidade de cada local.

Além dos alunos, cada servidor administrativo receberá três uniformes (camisetas polos). A medida faz parte das ações de valorização da educação com qualidade e do trabalho dos profissionais da área. Ao todo a REE possui 349 escolas no Mato Grosso do Sul e até o início do ano letivo mais de 180 mil alunos estão matriculados.

Fale com a Redação