Educação infantil na Reme. (Foto/Divulgação)

Atendimento seguirá parcial, realizado em apenas um período

As Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis) já começaram a receber os alunos dos grupos 1, 2 e 3, sendo as crianças de 4 meses até 3 anos, da Rede Municipal de Ensino (Reme) de Campo Grande, semanalmente sem escalonamento. O atendimento continua parcial, ou seja, em apenas um dos períodos, matutino ou vespertino, conforme os critérios estabelecidos pelas unidades escolares e em atendimento às medidas de biossegurança para evitar a disseminação da covid-19.

Alunos da educação infantil da Reme retomam aulas sem escalonamento

Os responsáveis que ainda não decidiram pelo retorno presencial dos alunos às aulas têm até o dia 30 de setembro para definir. O prazo vale para todas as etapas do ensino até o 9° ano do ensino fundamental oferecidas pela Reme.

A partir do dia 1° de outubro o aluno irá concluir o ano letivo da forma como estiver, seja presencial de forma escalonada, ou remoto, fazendo as atividades em casa. O retorno presencial escalonado das aulas da Reme teve início no dia 26 de julho, após 16 meses de aulas remotas, nas 202 unidades escolares.

Todo o processo de preparação e retorno foi elaborado considerando a biossegurança necessária, entre as ações estava a vacinação dos trabalhadores da educação.“Desde o início da preparação para o retorno presencial de forma escalonada, tivemos o cuidado de organizar a partir da entrada dos alunos, a permanência em sala de aula e também pensando na segurança de toda a comunidade escolar, familiares das nossas crianças e adolescentes, e ainda dos trabalhadores.

E após a confirmação do retorno seguro, iniciamos uma próxima etapa, sendo das aulas presenciais sem escalonamento. Considerando o espaço físico e a quantidade de crianças na sala de aula e assim mantemos os cuidados de biossegurança”, afirmou a secretária municipal de Educação, Elza Fernandes.

E desde o primeiro dia de retorno presencial escalonado das aulas da Reme os alunos já mostraram que estavam preparados e adaptados às regras de biossegurança nas escolas. Cada unidade escolar colocou em prática todas as ações para garantir segurança aos estudantes e demais envolvidos no processo de retomada. E mesmo após um mês da retomada, as regras continuam a ser cumpridas.

O uso de máscara é obrigatório, além da aferição de temperatura, aplicação de álcool 70º nas mãos, e da intensificação das medidas de higiene e limpeza individual e dos espaços.Uma das principais ações para o retorno presencial das aulas da Reme foi justamente o sistema de escalonamento proposto, evitando aglomerações e permitindo que todos os estudantes, que desejassem e tivessem permissão dos responsáveis, voltassem para a sala de aula de forma presencial.

“Observamos que os pais se sentiram seguros com essa proposta. Assim, foi garantido o distanciamento e também nesta nova etapa, pois as salas de aula comportam a quantidade de alunos que estão no presencial, mantendo todas as exigências de biossegurança”, afirmou o superintendente de Gestão das Políticas Educacionais (Suped), Waldir Leonel.

Os alunos que estão no sistema escalonado podem tirar dúvidas com o professor na sala de aula, ou ainda das 10h às 11h e das 16h às 17h. Já os que estão exclusivamente nas aulas remotas podem obter informações sobre o atendimento on-line da Reme aqui.

Comentários