A medida foi tomada devido ao impacto da pandemia no Brasil

08/04/2020 12h05
Da redação com informações da assessoria

Em meio à pandemia causada pelo novo Coronavírus, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) suspendeu por 90 dias aplicação de três reajustes de tarifas pela agência Energisa MS que foram aprovadas ontem (7) e entrariam em vigor a partir de hoje (8). No entanto, o reajuste está suspenso e empresa deve cumprir.

A Energisa Mato Grosso do Sul, atende 74 municípios do estado. Para os clientes residenciais de baixa tensão o índice é de 6,89%, acréscimo que não terá que ser suportado pelos próximos 3 meses. A medida alcança também as distribuidoras CPFL Paulista e Energisa Mato Grosso, que têm reajuste anual na mesma data.

O diferimento foi solicitado pelas próprias concessionárias. As empresas continuarão cobrando as atuais tarifas até 30 de junho de 2020.

A diferença nas receitas será ajustada e considerada nos próximos processos tarifários das distribuidoras. As contribuições das empresas à Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) – um fundo setorial que tem como objetivo custear diversas políticas públicas do setor elétrico brasileiro – , nesse mesmo período, foram reduzidas do valor diferido, devendo ser repostas à conta no segundo semestre deste ano.

Confira nos quadros a seguir os índices de reajuste aprovados, mas que serão aplicados às tarifas somente em 90 dias:

Divulgação

Divulgação

Comentários