Neste Dia Nacional dos Profissionais da Educação (6), a trajetória e os desafios da profissão são retratados por dois servidores do Estado. Eles integram uma classe que está presente nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, e além de representar a diversidade educacional, são responsáveis por avanços por onde passam.

Segundo a Secretaria de Educação de Mato Grosso do Sul (SED), a rede estadual de ensino conta com cerca de 18 mil educadores. Esses servidores administram tempo e espaço nas instituições; criam novos métodos para deixar o conteúdo mais prazeroso; e transformam o que está nos arredores em ferramenta de ensino. Além de serem protagonistas na vida pessoal e profissional de crianças e adolescentes.

No município de Maracaju, a diretora da Escola Estadual Manoel Ferreira de Lima, Silvana Pádua de Oliveira Perosa, de 44 anos, explica que a boa administração, compartilhada entre os profissionais da área, pais e alunos gera resultados positivos à toda comunidade. A instituição sempre foi destaque pelo profissionalismo de seus professores que, com o novo prédio prestes a ser reinaugurado, podem melhorar ainda mais a performance em sala de aula.

“Com a estrutura melhor nos sentimos mais valorizados, o que desperta uma motivação dos professores, impactando positivamente no processo de ensino”, destaca a gestora educacional. Silvana ainda fala de heroísmo quando lembra da forma como trabalhavam os educadores antes do atual momento, e valoriza o empenho de cada colega de profissão.

“Posso dizer que os profissionais que por aqui passaram são heróis na educação, pois fizeram a diferença com o que tínhamos no momento. Fomos protagonistas de toda conquista e, fizemos o melhor com o mínimo. Parabenizo, e reforço, que a escola é muito além do prédio e dos livros. Ela é composta por pessoas destinadas a fazer algo melhor, com amor, dedicação e responsabilidade”.

O dinamismo está presente nos métodos de ensino aplicados por esses servidores, que se destacam através de projetos e ações. Nelson Aparecido Silva Casimiro, de 39 anos, professor da E. E. Padroeira do Brasil, no município de Nioaque, é um destes servidores com esta característica. Ele fala a respeito do estímulo que o ‘Projeto Semana do Agricultor’ proporcionou naquele meio, através da prática conduzida por todos os professores e que incluiu diretor e coordenadores.

“Esta atividade teve como como objetivo a reflexão sobre a realidade camponesa, a oferta de formação em áreas de interesse da comunidade, como a formação em agroecologia, pecuária leiteira, apicultura, entre outros, buscando a valorização de sua identidade e a produção de meios que garantam a permanência dos educandos e suas famílias no campo, tudo isso, com qualidade de vida e foco na geração de renda”, aborda a profissional.

Encantado pela profissão, Nelson Aparecido acredita que todo educador deve buscar os meios necessários para cumprir a sua tarefa de compartilhar saberes para a formação plena do educando, escolhendo conscientemente as melhores metodologias para atingir seus objetivos educacionais.

“É claro que ele deve sempre estar buscando novos métodos e até mesmo refinando os próprios, mas sempre partindo da necessidade dos educandos e de seus objetivos”, completa ele.

A motivação para exercer tais trabalhos também é proveniente da casa dos alunos. Pais e mães devem saber e se comprometer com a tarefa desenvolvida pelos educadores através do apoio às formas de ensino, além de incentivar os filhos a valorizar aquilo que é passado para eles: o conhecimento. É o que pensa o agrônomo Diniz Marcos Pozzobom, de 55 anos, ao defender que a educação possui papel fundamental no êxito pessoal e profissional dos educandos.

“São eles, que apesar das dificuldades, enfrentam e formam os futuros profissionais deste país, proporcionando junto aos pais um acompanhamento passo a passo no aprendizado dos filhos, até se tornarem os profissionais desta nação”, diz Diniz, que tem um casal de filhos. O mais velho já está na graduação, e a caçula ainda estuda na E. E. Vereador Kendi Nakai.

Queremos através dessa matéria, parabenizar todos os profissionais da educação pelos serviços prestados à comunidade sul-mato-grossense!

Comentários