22.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 12 de abril, 2024
spot_img

Após ataque à casa de magistrados, penitenciária de Pedro Juan é alvo de buscas

Após ataque com pelo menos 50 tiros ao imóvel onde residem duas juízas paraguaias em Pedro Juan Caballero, região de fronteira seca com Mato Grosso do Sul, na madrugada deste sábado (9), polícia vistoria penitenciária da cidade, atrás de responsáveis.

+ Casa de juízas é atingida por mais de 50 tiros em Pedro Juan Caballero

De acordo com site paraguaio, ABC Color, uma operação conjunta, integrantes do Grupo de Operações Especiais (GEO) com apoio de tropas da Terceira Delegacia, realizaram busca na penitenciária regional de Pedro Juan Caballero.

A ação faz parte de uma instigações em andamento, relacionadas ao ataque a residência das juízas Mirna Ocampos Ramírez e Vivian Marina Quiñonez Vargas.

Os agentes foram atrás de documentos e cartões SIM de aparelhos celulares para serem analisados e esclarecer os motivos do ataque.

Na prisão vistoriada, cumprem pena inúmeras figuras ligadas à facção criminosa brasileira que domina o crime organizado na região, conflagrada pela disputa pelo controle do tráfico de drogas e armas.

Fale com a Redação