Na noite de ontem (1º), equipes do 3º Batalhão de Polícia Militar em Dourados prendeu dois homens armados, na Rua Deolinda Rosa da Conceição, Bairro Cachoeirinha. Outras duas, uma delas com mandado de prisão aberto, foram detidas e levadas à Polícia Civil.

De acordo com boletim de ocorrência, os policiais militares da Força Tática (FT) e Grupamento Especializado Tático Motorizado (Getam), com apoio do setor de Inteligência, receberam informações de que ocupantes de uma caminhonete Chevrolet Blaser estariam armados e planejavam executar uma pessoa que teria saído da facção criminosa a que eles pertenceriam.

O crime seria do tipo “Tribunal do Crime”, uma espécie de corte clandestina que julga e mata quem desobedecer às regras de uma facção criminosa.

Durante patrulhamento pelo bairro Cachoeirinha, as equipes visualizaram o veículo com as mesmas características recebidas e ao tentarem realizar a abordagem, o condutor deu inicio a uma fuga pelo bairro, parando frente a uma residência onde estavam pessoas na frente, que saíram correndo para o quintal, juntamente com um dos ocupantes do veículo.

O grupo foi detido, porém nada de ilícito portavam. Já na Blaser foram achados revólveres calibres .38 que estavam escondidos embaixo do banco do motorista e passageiro.

O motorista de 42 anos e passageiro de 19 anos confessaram que vieram da cidade de Maracaju e que as armas seriam deles e teriam comprados em sociedade com as outras duas pessoas da casa, de 20 e 27 anos, sendo que o mais velho tinha um mandado de prisão em aberto.

O grupo foi preso e encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e associação criminosa.

Após denúncia de tribunal do crime, PM prende dupla com duas armas de fogo
Comentários