Deam. (Foto/Divulgação)

Um homem que trabalha como assessor parlamentar em Campo Grande foi preso na quinta-feira (23) após agredir a esposa de 29 anos. O home já possui histórico de agressões, com boletins registrados entre 2017 e 2019. Ele teria justificado a agressão pelo fato de a mulher ter conseguido um emprego. O autor foi preso em flagrante.

A situação teria se desencadeado após a esposa arrumar um emprego e comunicar o fato ao marido, que teria ido até o local com a esposa e que ao chegarem o homem teria discutido com a futura empregadora, sendo que posteriormente seguiram para casa, local onde ambos teriam discutido.

A briga teria se acirrado, onde o marido passou a ofender a mulher com xingamentos. Em dado momento ela teria tentado sair, fazendo com que o marido ficasse ainda mais furioso, dizendo que ela só queria um emprego para ter desculpa de sair de casa.

O autor teria dado um soco em seu braço, fazendo com que a vítima gritasse por socorro e corresse para o banheiro, momento em que o homem lhe deu um tapa na boca, causando um ferimento.

O vizinho que ouviu os gritos de socorro e acionou a polícia que esteve no local e prendeu o assessor em flagrante, que foi encaminhado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

Comentários