Comércio. (Foto: David Majella)

Ação ocorreu mesmo após mudança na data de início

A CICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) e Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – Seccional MS), solicitaram na justiça que as medidas restritivas impostas pelo Governo do Estado no enfrentamento a pandemia de Covid-19 sejam revistas.

Mesmo com a alteração da data, onde o decreto passa a valer somente no próximo domingo (13), as Associações protocolaram na manhã desta sexta-feira (11), o pedido no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS).

A petição ainda pede a suspenção imediata do decreto n. 15.693, garantindo assim a abertura do comércio, além da livre circulação da população.

Na opinião de um dos membros da ACICG, a forma com que vem sendo conduzidas as restrições no combate da covid-19, são exageradas e equivocadas que geram efeito negativo na economia e ainda não reduzem o contágio da doença.

Comentários