(Foto: Loren Elliott / Reuters)

A norte-americana Amanda Anisimova, 60ª do mundo, salvou dois match points e distribuiu bolas vencedoras para vencer a atual campeã Naomi Osaka por 4-6, 6-3 e 7-6 (10-5) na terceira rodada do Aberto da Austrália nesta sexta-feira (21).

Anisimova teve uma atuação soberba para eliminar a japonesa e decepcionar quem estava salivando pela perspectiva de um confronto de quarta rodada entre a vencedora de quatro Grand Slams e a tenista australiana número um do mundo Ashleigh Barty.

Osaka, que conquistou todos seus Grand Slams em quadras duras, teve duas oportunidades para fechar a partida no 10º game do set decisivo.

Porém, ela pôde apenas assistir a Anisimova, de 20 anos, cuja posição no ranking despencou por causa de lesões, salvar os dois e converter sua primeira oportunidade no super tie-break decisivo com um ace para selar a partida.

A norte-americana derrubou a raquete e escondeu o rosto nas mãos, enquanto a plateia da Margaret Court Arena explodia em apreciação.

Anisimova, que chegou a ser 21ª do mundo em 2019, acertou 46 bolas vencedoras na partida, enquanto Osaka conseguiu apenas 21.

Fonte: Agência Brasil

Comentários