A Polícia Civil do Mato Grosso do Sul conseguiu identificar e prender um homem de 27 anos, acusado de ter participado de um assalto, em uma agência bancária de Dourados, no último dia 10. A prisão foi realizada na sexta-feira (12), no estado do Paraná, por uma equipe da SIG douradense (Seção de Investigações Gerais), com apoio das polícias da Garras (Delegacia Especializada Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros), Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Dourados e do Setor Operacional da 10ª Divisão da Polícia Civil de Londrina-PR.                       

Durante o roubo, os criminosos levaram a quantia de 224.925,00. Após receber a notícia do crime, os policiais civis da delegacia de Dourados iniciaram as investigações, conseguindo individualizar as características dos assaltantes bem como o veículo que eles utilizaram na fuga.

A partir daí, receberam apoio do Garras e ontem, 48 horas após o crime conseguiram capturar o executor, a pessoa que teria rendido o funcionário do banco com arma de fogo e subtraído os valores do terminal eletrônico. Os policiais localizaram ainda o veículo utilizado no crime e outros objetos que comprovavam a autoria.

A autoridade Policial representou pela prisão do indivíduo e após o pedido ter sido acatado pela 2ª Vara Criminal de Dourados, os investigadores foram até Londrina-PR, para prender o autor, que estava lá escondido. Ele foi preso conduzido até a sede do SIG da cidade.

Comentários