Batalhão de Choque da Polícia Militar apreendeu mais de 1,5 tonelada de maconha na madrugada deste domingo (21), depois que batedor entregou depósito de drogas. Três traficantes form presos.

Segundo boletim de ocorrência, os policiais militares abordaram dois homens de 22 e 35 anos em uma veículo Kia Cerato na Rua Nossa Senhora das Merces, Vila Manoel da Costa Lima. Com eles foram encontrados dois tabletes de maconha, pesando dois quilos.

O homem mais velho assumiu a propriedade da droga e disse em primeiro momento que teria pego na cidade de Ponta Porã e que estaria entregando para seu comparsa para comercialização e bem como outra parte para uma terceira pessoa, de 23 anos.

Em diligências, foram encontradas mais drogas na casa do comparsa, que fica na Rua Anajá. Foram apreendidos 23,4 quilos que estava no armário do banheiro.

No outro endereço indicado pelo traficante, foi localizado o terceiro envolvido. Com ele foram achados mais seis tabletes de maconha, somando seis quilos.

Ainda conforme o boletim, os três foram levados para a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) junto com o Kia Cerato e as drogas. Ao chegar na delegacia, o traficante mais velho mudou a versão e disse que prestava serviço de ‘batedor’ e teria recebido 31 quilos da droga apreendida como pagamento pela prestação da serviço.

Ele relatou que ‘bateu estrada’ entre as cidades de Ponta Porã e Campo Grande para uma caminhonete Toyota Hilux, repassando o endereço de um galpão onde estaria o entorpecente.

No local indicado, na Rua Américo Carlos da Costa, foi localizado um caminhão IVECO/TECTOR 24OE2SS carregado com 1.513 quilos de maconha. No depósito não havia nenhuma pessoa.

A droga foi encaminhada para a Denar e o caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro.

Comentários