O Auxílio Brasil é coordenado pelo Ministério da Cidadania.

Nesta semana seguem os pagamentos das parcelas do Auxílio Brasil referentes a maio. Recebem a parcela com valor mínimo de R$ 400 para cada família, os beneficiários quem possui Número de Inscrição Social (NIS) com finais 4, 5, 6, 7 e 8.

Neste mês, mais 100 mil pessoas foram incluídas para receber o benefício, que tem valor mínimo de R$ 400 e médio de R$ 409,51. O investimento do Ministério da Cidadania em maio é de R$ 7,3 bilhões. O número foi um pouco maior do que o pago em abril, quando 18,06 milhões de famílias foram atendidas pelo programa, totalizando recursos de R$ 7,4 bilhões.

Na última quarta-feira, dia 18 de maio, quando começaram os pagamentos, a parcela do auxílio foi liberada aos beneficiários com NIS final 1. Na quinta-feira foi a vez de quem tinha o NIS final 2 teve a liberação dos recursos. No dia seguinte, sexta-feira (20) foi a vez de quem tem o NIS final 3 receber.

Agora, começa nesta segunda-feira (23) os novos pagamentos que seguem até sexta-feira (27), para quem possui Número de Inscrição Social (NIS) com finais 4, 5, 6, 7 e 8. Os demais grupos receberão suas parcelas até o dia 31 de maio.

Os benificiários poderão contar com a liberação dos valores nos dias determinados pelo calendário.

Final do NIS Data de pagamento
031/5
118/5
219/5
320/5
423/5
524/5
625/5
726/5
827/5
930/5
(Fonte: Caixa Econômica Federal)

A região com maior número de famílias beneficiadas é a Nordeste, com 8,5 milhões de famílias contempladas pelo benefício.  A Região Sudeste aparece na sequência, com 5,2 milhões de famílias beneficiadas, seguida pela Norte (2,1 milhões), Sul (1,2 milhão) e Centro-Oeste (937 mil).

O benefício é destinado a famílias em situação de extrema pobreza. Famílias em situação de pobreza também podem receber, desde que tenham, entre seus membros, gestantes ou pessoas com menos de 21 anos.

As famílias em situação de extrema pobreza são aquelas que possuem renda familiar mensal per capita de até R$ 105. As em situação de pobreza têm renda familiar mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210.

Comentários