Presidente citou caso do menino Rhuan, morto pela mãe e sua companheira aos 9 anos, para lamentar que a constituição não permita tal punição

18/06/2019 16h08
Por: R7

O presidente Jair Bolsonaro usou, nesta terça-feira (18), sua conta no Twitter para defender a prisão perpétua. Ele lamentou que em casos como o do menino Rhuan Maycon da Silva Castro, emasculado e morto aos 9 anos pela mãe e sua companheira no Distrito Federal, a “nossa constituição não permite prisão perpétua”.

Mais tarde, a deputada federal Joice Hasselmann citou a fala do presidente para salientar a falta que tal punição faz, já que, daqui a dez anos, se a criminosa sair da prisão, pode cometer um crime semelhante novamente.

Abaixo você confere a íntegra do tweet de Bolsonaro:

Bolsonaro usou o Twitter para manifestar apoio à prisão perpétua
Marcos Corrêa/PR

Bolsonaro defende prisão perpétua ao falar de morte de menino

Comentários