O casal estava escondido em uma borracharia de um posto de combustíveis na BR-163, em Campo Grande

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar (PM) prendeu na noite de ontem (28), um casal envolvido no assalto a uma empresa especializada em poços artesianos em Ponta Porã, ocorrido durante à tarde. O homem e a mulher estavam escondidos em uma borracharia de um posto de combustíveis, à margem da BR-163, em Campo Grande.

De acordo com boletim de ocorrência, os policiais militares foram em apoio à equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e iniciaram uma busca por uma mata que ficava próxima ao local onde um veículo Renault Sandero prata com placas de Minas Gerais, utilizado no cometimento do crime, havia sido abandonado.

No interior do matagal, os militares localizaram uma pochete de cor verde contendo 22 munições calibre 9mm e dois carregadores de marca Glock. Também haviam 57 cartuchos de calibre 12, além de dinheiro em espécie, sendo 13.109,15 reais, 400 dólares, 930.000 guaranis.

Bope prende casal escondido em envolvido com roubo a uma empresa na fronteira

Em continuidade as diligências, os policiais do Bope chegaram até uma borracharia onde encontraram a mulher escondida embaixo de uma mesa no fundo do estabelecimento. Em seguida, foi encontrado o homem de 32 anos dentro de um dos cômodos da borracharia, com uma pistola modelo Glock, calibre 9 milímetros, que foi apreendida.

O suspeito preso é o ex-funcionário da firma roubada, e se escondeu no local depois de ameaçar o borracheiro com uma pistola.

Os outros dois criminosos ainda estão sendo procurados pelas policiais. Também foram apreendidas na ação três espingardas.

Além do Bope e PRF, também atuam nas buscas equipes do Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Sequestros e Assaltos (Garras) e militares com o helicóptero do Grupamento de Policiamento Aéreo da Polícia Militar.

Bope prende casal escondido em envolvido com roubo a uma empresa na fronteira

O Assalto

Um comerciante de 50 anos e o funcionário dele foram vítimas de um assalto na manhã deste segunda-feira (28) em Ponta Porã. Os autores levaram R$ 30 mil, armas e celulares do escritório de empresa especializada em poços artesianos. De acordo com informações um dos assaltantes já foi identificado e seria um ex-funcionário da empresa.

Ele foi identificado como Edilson Rodrigues dos Anjos de 32 anos, que teria entrado no escritório da empresa com outro homem e renderam as pessoas que estavam no local.

Ameaçando matar toda a família do empresário caso eles fossem denunciados, o marginais levaram cerca de R$ 30 mil, armas e celulares. Um terceiro elemento dava cobertura para a dupla que chegou e saiu do local em um Sandero com placas de Minas Gerais e fugiram no sentido de Campo Grande, em Jaraguari a Polícia Rodoviária Federal tentou aborda-los e eles conseguiram fugir.

Comentários