12.8 C
Campo Grande
sábado, 25 de maio, 2024
spot_img

Brasil e Argentina se enfrentam no Maracanã pelas Eliminatórias

Duelo de seleções marca o provável último jogo de Messi no local, além de ser teste de fogo para o técnico Fernando Diniz

Brasil e Argentina se enfrentam nesta terça-feira (21), no Maracanã, pela sexta rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo.

A partida de hoje é, muito provavelmente, a última de Lionel Messi no emblemático estádio carioca, além de ser também uma chance de a seleção brasileira se vingar da Copa América de 2021, decidida no mesmo local.

Última chance de Fernando Diniz? 

Apesar de ter conquistado a Libertadores com o Fluminense no início de novembro, Diniz está pressionado na seleção brasileira. Em cinco rodadas até aqui, o Brasil soma duas vitórias, um empate e duas derrotas, resultados que minaram a confiança no trabalho do treinador. Uma derrota contra a Argentina, a atual campeã do mundo, seria um golpe difícil para o técnico se recuperar.

Uma campeã do mundo em campo

Por outro lado, o jogo desta terça-feira (21) é uma oportunidade de ver de perto o time que conquistou o mais importante torneio do planeta: a Copa do Mundo. Ao contrário do Brasil, o time de Lionel Scaloni tem a mesma base do Mundial do Catar.

Vingança da Copa América

O último encontro de Brasil e Argentina no Maracanã foi na Copa América de 2021, em que os hermanos bateram o time comandado na época por Tite, por 1 a 0, gol de Dí Maria. O torneio conquistado pelos argentinos foi o início de uma trajetória que culminou no título mundial, o que torna esse reencontro ainda mais especial.

A última dança de Messi no Maraca

Essa é, provavelmente, a última vez que veremos Lionel Messi no emblemático Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã. Aos 36 anos, o craque argentino se encaminha para o final da carreira, atua na pouco competitiva MLS, dos Estados Unidos, e já deu sinais de que se aposentará da seleção argentina em breve.

Dar uma alegria ao torcedor brasileiro em 2023

O ano de 2023 não foi feliz para o torcedor médio do Brasil. Depois do fracasso no Catar, a seleção brasileira acumulou decepções, como contra Marrocos e Senegal, amistosos do início do ano, além de ter deixado os fãs na mão também em partidas das Eliminatórias.

Brasil pode terminar rodada fora do G6

No formato atual das Eliminatórias, as seis melhores seleções garantem vaga direta para a Copa do Mundo de 2026, com o sétimo colocado tendo que disputar a repescagem internacional. No momento, o Brasil é o quinto colocado na tabela, com 7 pontos. Equador, Paraguai e Chile vêm logo atrás, e podem ultrapassar a seleção brasileira caso o time de Diniz seja derrotado pela Argentina.

Primeiro jogo de Endrick no Maracanã pela seleção

As expectativas em cima de Endrick, vendido ao Real Madrid por cifras astronômicas e convocado para representar as cores do Brasil aos 17 anos, são grandes, mas proporcionais ao talento que o garoto tem nos pés. Sendo assim, parece natural que o jogo desta terça-feira seja apenas o primeiro do jovem palmeirense no Maracanã com a camisa amarelinha, o que por si só já é uma grande atração.

Fale com a Redação