Saul Schramm

Ministério da Saúde contabilizou 987 novos óbitos e 36.820 diagnósticos da doença respiratória causada pelo coronavírus nas últimas 24 horas

O Brasil registrou nesta terça-feira (15) 36.820 novos casos de covid-19 e 987 mortes causadas pela doença fruto do novo coronavírus.

De acordo com as informações do Ministério da Saúde, o país agora soma 134.106 óbitos e 4.419.083 casos desde a primeira notificação da doença, registrada no final do mês de fevereiro.

Ainda segundo o balanço oficial do governo, 3.720.312 pessoas se curaram da doença e outras 564.665 casos estão em acompanhamento. A taxa de letalidade da covid-19 no Brasil é de 3%.

Desde o início da pandemia, quase de 29,7 milhões pessoas foram infectadas em todo o mundo. Do total de doentes, mais de 937 mil morreram, segundo a Universidade Johns Hopkins.

O Brasil permanece como o terceiro país do mundo em número de casos de covid-19 e o segundo em mortes, atrás apenas dos Estados Unidos.

Posse do Ministro da Saúde

Após quatro meses como interino, o General do Exército Eduardo Pazuello, especialista em logística, assumiu como titular o Ministério da Saúde. 

neste período Pazuello estabeleceu uma nova diretriz com orientações para o uso precoce da cloroquina e da hidroxicloroquina no tratamento da covid-19, inclusive para casos leves.

Mato Grosso do Sul

No boletim epidemiológico de hoje, o Estado apresenta 1.122 vítimas da Covid no Estado, sendo 16 confirmações ocorridas nas últimas 24 horas. A média móvel indica que na última semana foram registrados 16.43 óbitos diários. Para o titular da saúde, Geraldo Resende, a média é alta, mas estabilizada. “Vamos trabalhar para que essa curva possa ter um decréscimo”, afirmou.

Ontem (15) Mato Grosso do Sul passou da marca dos 60 mil casos confirmados. Com mais 666 testes positivos, o número total de infectados desde o início da pandemia sobe para 60.963. A média móvel de casos nos últimos sete dias está em 802,5.  

O Estado possui até o momento, 242.800 casos notificados, sendo 177.268 descartados. Na data de hoje existem 1.217 amostras em análise pelo Laboratório Central (Lacen), e 3.352 casos pendentes de encerramento pelos municípios. Acesse aqui o boletim detalhado.

Embora os indicadores indiquem uma estabilidade nos casos do novo coronavírus em Mato Grosso do Sul, é necessário manter os cuidados pois a taxa de contágio continua alta no Estado. O Farol Covid indica que a taxa de contágio está em 1.6 nesta quarta-feira (16), mostrando um decréscimo com relação a ontem (15) quando o índice estava em 1.10. “Ainda assim estamos acima da média nacional que está em 0.99”, afirmou a secretária-adjunta da SES, Christine Maymone.

*com informações R7

Comentários