Ministério da Saúde aponta para 713 novos óbitos e 28.523 diagnósticos da doença respiratória causada pelo coronavírus nas últimas 24 horas

O Brasil registrou nesta quinta-feira (15) 28.523 novos casos de covid-19 e 713 mortes em decorrência da doença respiratória causada pelo novo coronavírus, de acordo com o Ministério da Saúde.

Com a atualização, o País agora contabiliza 152.460 óbitos por covid-19 5.169.386 casos desde a primeira notificação da doença, registrada no final do mês de fevereiro.

Ainda segundo o balanço oficial do governo, 4.599.446 pessoas se curaram da covid-19 no Brasil e outros 417.480 casos estão em acompanhamento. A taxa de letalidade da doença no Brasil segue em 3%.

Desde o início da pandemia, mais de 38,7 milhões de pessoas já foram infectadas pela doença em todo o mundo. Do total de doentes, quase 1,095 milhão morreram, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Mato Grosso do Sul

Mato Grosso do Sul registra 1.469 óbitos por coronavírus em Mato Grosso do Sul, com isso a taxa de letalidade continua em 1,9%, um dado considerado alarmante como mostra o boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde) divulgado hoje nas redes sociais oficiais do Governo do Estado. Em apenas 24 horas, foram registrados cinco mortes pelo vírus.

Até o momento, mais de 76 mil pessoas foram infectadas com o vírus em Mato Grosso do Sul, sendo que 440 casos foram confirmados em 24 horas. Além disso, 366 pessoas estão internadas, sendo 4 de outros estados, 170 estão em leitos clínicos e 200 em leitos de UTI.

“A cada 100 pessoas contaminadas, a taxa de contágio é de 96 pessoas no dia seguinte”, ressaltou o titular da pasta, Geraldo Resende. Se recuperando da doença, 3.697 pessoas estão em isolamento domiciliar e 70.471 pessoas recuperadas.

No ranking de municípios mais afetados, Campo Grande lidera, com 33.419 pessoas atingidas, em segundo lugar, Dourados, com 7.851 pessoas infectadas e 4.466 em Corumbá.

*Com informações R7

Comentários