Bia Haddad, tenista. (Foto: Tim Clayton/CBT)

A próxima adversária será a romena Simona Halep, ex-número um do mundo

A paulista Bia Haddad, tenista número um do país, ficou três anos sem disputar a chave principal de um Grand Slam, mas retornou com vitória. Na manhã desta terça-feira (18), ela derrotou a norte-americana Katie Volinets por 2 sets a 1 (parciais de 3/6, 6/2 e 6/3) na estreia no Aberto da Austrália, em Melbourne. Ela já tem um compromisso complicado na próxima rodada: encara a romena Simona Halep, ex-número 1 do mundo e atual 15ª colocada no ranking mundial da WTA. O duelo acontece nesta quarta (19), em horário ainda a ser definido. Brasileira Bia Haddad estreia com vitória no Aberto da AustráliaBrasileira Bia Haddad estreia com vitória no Aberto da Austrália

Nesta terça (18), a brasileira (83ª no ranking mundial) não começou bem diante da adversária, que chegou a abrir 4/0 no primeiro set. Volinets (176ª) fechou a parcial, mas Bia começou a encontrar um ritmo e nos dois sets seguintes controlou a partida. Com aproveitamento de 78% nos break points (7 em 9 oportunidades), ela virou o jogo, que durou 2h10. 

Além da chave simples, Bia Haddad também disputa o torneio de duplas, ao lado da cazaque Anna Danilina. As duas estreiam à 1h35 desta quarta (18), enfrentando a húngara Anna Bondar e a georgiana Oksana Kalashnikova.

Monteiro é eliminado e duplas masculinas estreiam a partir desta noite 

Entre os homens, a abertura do Aberto da Austrália não foi tão positiva. O cearense Thiago Monteiro (79º no ranking da ATP)  fez jogo duríssimo, mas foi batido pelo francês Benoit Paire (56º) por 3 sets a 2 (6/4, 3/6, 7/5, 2/6, 7/5), numa batalha que durou 3h38. 

Monteiro agora aguarda por uma possível desistência para saber se permanece em Melbourne para a chave de duplas.

Três duplas com brasileiros, no entanto, estão confirmadas na chave. Duas delas têm estreia prevista para as 21h (horário de Brasília) desta terça (18). 

Na quadra 13, o mineiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray enfrentam os tenistas da casa Marc Polmans e James Duckworth. Soares e Murray já foram campeões do Aberto da Austrália em 2016.

Já na quadra 12, o Brasil será representado por uma dupla inteiramente verde e amarela: Rafael Matos e Felipe Meligeni encaram os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini.

Por último, já na manhã de quarta (19) mas ainda sem horário definido, Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig estreiam diante da parceria formada pelo Hugo Nys (Mônaco) e o francês Adrian Mannarino.

Fonte: EBC

Comentários