Divulgação

A Polícia Militar Ambiental (PMA), durante a operação Focus, prendeu um caçador de 35 anos, após ser flagrado cutia abatida, animal em extinção, na região do Parque Natural Municipal das Capivaras, em Três Lagoas.

A operação é voltada ao combate aos incêndios, a prevenir e reprimir para que as pessoas não provoquem os pequenos focos em queima de resíduos de limpeza, que na sua maioria viram grandes incêndios, com trabalhos principalmente à noite e em regiões do entorno de Unidades de Conservação, e tem encontrado também outros crimes e infrações ambientais.

Foi o que aconteceu ontem (18), por volta das 20h30, local conhecido como Cascalheira. O infrator foi abordado e no porta-malas foi encontrado um animal silvestre da espécie, Dasyprocta Punctata, conhecida como cutia.

Ainda foram encontrados uma espingarda de pressão com quatro caixas de chumbo utilizados na caça do animal, duas facas, um caixa de pesca, um saco de milho para ceva dos animais, um colete salva-vidas, três lanternas e um conjunto de roupa camuflada. O material e o veículo foram apreendidos.

O caçador, residente em Três Lagoas, recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde ele foi autuado por crime ambiental de caça, com pena prevista de seis meses a um ano e meio de detenção.

Ele ainda foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 5.000,00 pela caça, multa agravada pelo fato de o animal constar da lista das espécies brasileiras em extinção.

Comentários