Vereador Otávio Trad (Foto: Izaias Medeiros)

As mensagens de prevenção ao suicídio estarão mais próximas de quem precisa em Campo Grande. Os vereadores aprovaram, em primeira discussão, na sessão desta quinta-feira (4), o Projeto de Lei Complementar nº 803/22, do vereador Otávio Trad (PSD), que permite a fixação de cartazes e faixas sobre o tema nas pontes e viadutos.

Para isso, Otávio propõe a alteração do Código de Polícia Administrativa do Município de Campo Grande/MS, que atualmente veda a colocação de cartazes e mensagens de divulgação nestes locais.

“Em uma sociedade arrasada pela depressão e por problemas psicológicos, temos essa obrigação de criar leis que impactam para o bem da vida”, destacou o vereador Otávio Trad.

De acordo com o PLC, o inciso II do artigo 84 da Lei Complementar 2.909, de 8 de julho de 1992, passará a permitir a divulgação “ao longo das faixas de domínio de vias; ferrovias, viadutos, pontes, passarelas, rodovias federal e estadual, dentro do limite do Município” apenas “quando a divulgação do conteúdo se referir a prevenção do suicídio”.

O objetivo é somar mais ações de prevenção na luta contra o suicídio. Os cartazes contendo mensagens de acolhimento, o contato de entidades que trabalhem com o auxílio e cuidado a essa temática podem trazer resultados positivos e inibidores das altas taxas de suicídios no Estado.

GAV – O Grupo Amor Vida presta serviço humanitário de prevenção do suicídio mediante o apoio emocional à pessoa em crise, via telefone ou, em casos extraordinários, presencial. A associação atende pelo telefone 0800 750 5554.

Autoria cidadã – Esta proposição é fruto da ideia do senhor Gerson Mardine Fraulob, presidente do Grupo Amor Vida – GAV, associação civil sem fins lucrativos que presta serviço humanitário de prevenção ao suicídio mediante apoio emocional a pessoa em crise, via telefone.

Comentários