24 C
Campo Grande
terça-feira, 25 de junho, 2024
spot_img

Câmara lamenta morte de jovem sul-mato-grossense vítima de latrocínio no RJ

A Câmara Municipal de Campo Grande manifesta suas condolências aos familiares do jovem Gabriel Mongenot Santana Milhomem Santos, de 25 anos, vítima de latrocínio na madrugada de domingo (19) no Rio de Janeiro (RJ). Ele é filho da secretária adjunta da SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social), Inês Mongenot. O presidente da Casa, vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, lamentou a tragédia.

“É uma verdadeira tragédia a perda de um ente querido para a violência, especialmente um filho no auge da vida, rapaz muito inteligente, estudante de engenharia aeroespacial que fazia uma viagem com o propósito de se divertir e realizar o sonho de ver uma estrela internacional. Lamento profundamente e me solidarizo a dor a família do Gabriel, sua mãe, a secretária-adjunta da Secretaria de Assistência Social de Campo Grande, Inês Mongenot. Assim como me solidarizo a dor da família da Ana Clara, jovem de Sonora que também faleceu no Rio de Janeiro durante o show da mesma cantora. Que Deus console o coração de todos os familiares e amigos”, disse o presidente da Câmara.

Gabriel estava na Capital fluminense para acompanhar o show da cantora Taylor Swift. O jovem estava na praia de Copacabana quando foi assaltado e esfaqueado. O autor do crime, que havia sido solto 12 horas antes, foi preso momentos depois. Ele já tem inúmeras passagens por roubo, furto, homicídio, entre outros crimes.

A SAS informou, segundo o jornal Midiamax, que já foi providenciado o translado para que o velório de Gabriel aconteça em Campo Grande, mas ainda não há horário previsto para a chegada.

Fale com a Redação