25.8 C
Campo Grande
terça-feira, 23 de julho, 2024
spot_img

Camelódromo de CG não abre hoje após incêndio destruir diversos boxes

O dia de quase feriados de Carnaval, já deveria ter movimento baixo e lojistas nem abrindo nesta segunda-feira (12), no Camelódromo de Campo Grande. Mas, o motivo foi pior, infelizmente ontem um incêndio atingiu o local e hoje, não se abrirá ao público. A decisão foi tomada pela associação de comerciantes que administra o espaço em virtude da segurança e medidas a serem tomadas após o impacto do incêndio que destruiu, ao menos, sete boxes na tarde deste domingo (11).

Veja abaixo, o comunicado da direção do centro comercial. De acordo com os lojistas, o centro de compras será aberto às 8 horas de hoje apenas para comerciantes avaliarem prejuízos e estragos após as chamas consumirem os boxes 360, 361, 377, 378, 379, 359 e 380.

Um comunicado divulgado no início da noite deste domingo, pelo presidente da associação de lojistas, Narciso Soares disse que, ao menos, confirmadas, sete lojas foram atingidas pelas chamas. Ontem, o Corpo de Bombeiros informou que seis boxes haviam sido atingidos e destruídos pelas chamas

A associação de comerciantes informa, ainda, que esta segunda-feira será destinada para reparos elétricos e hidráulicos. Ainda não há estimativa se o centro comercial volta a funcionar já nesta terça-feira (13).

Após incêndio, associados do Camelódromo reúnem para avaliar a abertura do centro comercial

Bombeiros são acionados e controlam incêndio no Camelódromo

Nota Oficial

Confira o que disse Narciso Soares, presidente da associação de lojistas do Camelódromo:

Hoje, lamentavelmente, o camelódromo foi afetado por um incêndio que atingiu sete boxes, especificamente os números 360, 361, 377, 378, 379, 359 e 380. Felizmente, não houve feridos. Informamos que a entrada para retirada de pertences estará autorizada amanhã, dia 12, a partir das 8h. Pedimos a compreensão de todos os envolvidos e informamos que o camelódromo permanecerá fechado amanhã até que as medidas necessárias sejam tomadas para garantir a segurança e a reconstrução dos espaços afetados.

Fale com a Redação