Polícia Rodoviária Federal (PRF), em operação conjunta com a Polícia Civil. (Foto/Divulgação)

O caminhoneiro douradense Anderson Pereira Gomes, de 33 anos, morreu, no fim da manhã desta segunda-feira (29), após perder o controle da direção e cair em ribanceira, na Serra de Maracaju, que fica na MS-060, próximo ao município de Nioaque. O corpo do motorista ficou ficou preso às ferragens.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) chegou no local por volta das 11h e constatou que o tacógrafo (equipamento que mede a velocidade) do caminhão parou de funcionar por volta das 9h30,  horário que provavelmente aconteceu o acidente.

O Corpo de Bombeiros e peritos da Polícia Civil só conseguiram fazer a retirada do corpo de dentro da cabine do caminhão após duas horas de trabalho.

Anderson dirigia um caminhão carregado de alimento, onde estava a carga continha produtos da marca Donana Alimentos.  Até o momento, não se sabe o que causou o acidente.

Comentários