23.8 C
Campo Grande
sábado, 20 de julho, 2024
spot_img

Campanha ‘Governo MS Vacina Mais’ imuniza 1,5 mil servidores estaduais contra Influenza

A SES (Secretaria de Estado de Saúde), por meio da coordenadoria de Imunização, realizou entre os dias 16 e 24 de maio a campanha ‘Governo MS Vacina Mais’. Durante a ação, que faz parte do Projeto MS Vacina Mais, foram aplicadas 1.508 doses da vacina contra Influenza nos servidores estaduais.

A estratégia teve como objetivo a ampliação do acesso à vacinação contra influenza aos servidores do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, promovendo a proteção dos trabalhadores e redução do absenteísmo, dos atendimentos ambulatoriais e internações durante o período do outono e inverno.

Conforme a coordenadora de Imunização da SES, Ana Paula Goldfinger, a estratégia de modo extramuros – quando a vacinação é realizada fora da unidade de saúde – facilita o acesso ao imunizante.

“Trouxemos uma facilidade na oferta do imunizante para os trabalhadores que atuam nas instituições do Governo do Estado, no Parque dos Poderes. Nós sabemos que as doenças respiratórias estão em alta, em especial as SRAGs (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e a Influenza que é uma doença imunoprevenível. Então, essa estratégia veio para facilitar o acesso dessa população, que é o servidor estadual, para que ele se mantenha protegido dessas doenças”, afirma.

Campanha 'Governo MS Vacina Mais' imuniza 1,5 mil servidores estaduais contra Influenza
Vacinação de servidores

Até o momento, Mato Grosso do Sul apresenta uma cobertura vacinal para os grupos prioritários de 31,59%. Campo Grande já aplicou 142.308 doses da vacina, alcançando uma cobertura para os grupos prioritários de 31,01% de uma população alvo de 367.493 pessoas (Dados contidos na RNDS – Rede Nacional de Dados em Saúde até o dia 23/05/2024).

A assessora pedagógica da SED (Secretaria de Estado de Educação), Mayara Rocha, elogiou a iniciativa de levar até os servidores a campanha de vacinação. “Foi muito bom trazer a vacina até nós porque temos uma rotina corrida e às vezes não dá tempo por conta de várias atividades e acabamos deixando para depois. E quando vem até o nosso ambiente de trabalho, deixa muito mais prático, muito mais rápido, todo mundo se mobilizou, teve bastante gente que veio para ‘tomar’ a vacina. Então, foi ótimo, foi maravilhoso”.

O engenheiro civil da SED, Jeferson Rodrigues, também aprovou a ação. “O que eu achei mais interessante foi a facilidade de acesso, porque às vezes temos que nos deslocar até o posto, facilita a logística ainda mais no meu caso que viajo muito a trabalho, além da preocupação com os servidores, nos sentimos privilegiados”, enalteceu.

A vacinação é uma das principais medidas preventivas e uma das medidas mais eficazes para evitar casos graves e óbitos por gripe.

Campanha 'Governo MS Vacina Mais' imuniza 1,5 mil servidores estaduais contra Influenza

“A estratégia é exitosa porque temos o entendimento de que a vacinação dos grupos que não são prioritários colabora também com os serviços de saúde, para que não fiquem sobrecarregados. Estamos em um período de circulação viral e para pessoas que trabalham o dia inteiro, uma ação extramuros facilita, pois ela não precisa se deslocar até a unidade de saúde, é uma estratégia de ampliação de acesso. As pessoas querem se vacinar e uma ação dessa oportuniza essa vacinação”, afirma o gerente de Imunização da SES, Frederico Jorge Pontes de Moraes.

Tradicionalmente realizada em todo o País entre os meses de abril e maio, a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza começou em março neste ano, em razão do aumento da circulação de vírus respiratórios no território nacional. A vacina utilizada é trivalente, ou seja, apresenta três tipos de cepas de vírus em combinação – A (H1N1); A (H3N2) e B (linhagem B/Victoria) – protegendo contra os principais vírus em circulação.

A campanha ‘Governo MS Vacina Mais’ percorreu 13 órgãos estaduais:

Campanha 'Governo MS Vacina Mais' imuniza 1,5 mil servidores estaduais contra Influenza
  • SEAD (Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos);
  • CGE (Controladoria Geral do Estado);
  • SAD (Secretaria de Administração e Desburocratização);
  • Governadoria;
  • Sanesul – Unidades I e II;
  • Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública);
  • Detran;
  • Procon;
  • Semadesc/Agraer (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação/Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural);
  • Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul);
  • PGE (Procuradoria-Geral do Estado);
  • SES (Secretaria de Estado de Saúde); e
  • SED (Secretaria de Estado de Educação).

Fale com a Redação