Proposta visa ativar novos usos do Corredor da rua José Antônio ouvindo a sociedade

Uma cooperação técnica entre o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Prefeitura Municipal de Campo Grande está trazendo uma ação inédita para a cidade. O Corredor da Rua José Antônio, recentemente reconhecido pelo poder público com um importante potencial para gastronomia, turismo e cultura, vai receber uma nova experiência de ocupação através do Urbanismo Tático.

O projeto é financiado pelo BID, que conta com uma equipe de consultores, e tem o apoio da Prefeitura no desenvolvimento das ações. O trabalho já foi iniciado com o levantamento do perfil dos imóveis da José Antônio e a experimentação tem previsão de estar completamente na rua em dois meses.

A técnica do Urbanismo Tático promove a reapropriação do espaço urbano com a participação de todos. Essa é a primeira ação durante a pandemia do coronavírus financiada pelo BID no Brasil e Campo Grande foi a escolhida para receber a prototipagem de caráter temporário. Em toda a América Latina, o Banco elegeu apenas outras duas cidades para a testagem de Urbanismo Tático, sendo elas Montevidéo, no Uruguai, e Buenos Aires, na Argentina.

Além do ineditismo da ação de Urbanismo Tático no centro da cidade, a intervenção na rua José Antônio traz para a administração pública o conceito de construção coletiva, onde comerciantes, trabalhadores e clientes dos estabelecimentos locais, vizinhos do entorno, usuários da via e a população interessada nos espaços públicos poderão dar sugestões para que se construa um projeto exequível e que atenda a toda a comunidade.

Campo Grande recebe iniciativa inédita de Urbanismo Tático em cenário de pandemia

A proposta é criar interferências que incentivem novas maneiras de uso do espaço público, explorando suas possibilidades de uma forma lúdica e conectada com quem usufrui da rua, como pinturas, mobiliário, desenhos, parklets, iluminação e outras intervenções leves. São mudanças rápidas, reversíveis e de baixo custo que servem para “testar” o que pode se tornar permanente. No caso do Corredor da José Antônio, a via está inserida no Reviva Campo Grande e faz parte da requalificação do quadrilátero central, por isso, as sugestões testadas e aprovadas pela comunidade podem ajudar a nortear o projeto de requalificação previsto para iniciar no ano que vem.

Campo Grande recebe iniciativa inédita de Urbanismo Tático em cenário de pandemia

O desafio se torna ainda maior por se tratar de uma ação em tempos de necessidade de distanciamento social, uso de máscaras e de adoção de todas as medidas que evitem aglomerações e garantam as orientações das autoridades em saúde.

Coletivo

Para incentivar a participação de todos, foram disponibilizadas redes sociais do projeto. No Facebook, o perfil é Corredor José Antônio e no Instagram, basta seguir @corredorjoseantonio para dar a sua ideia para valorizar a rua. Se você acha que a via merece calçadas mais largas para priorizar os pedestres, ou bancos para descanso, ou algo que ainda nem foi dito, mas que acredita que vai melhorar o espaço, participe.

Crédito fotos: Coletivo Labor

Comentários