Prefeitura de Campo Grande. (Foto/Divulgação)

Campo Grande terá novas regras de biossegurança a partir de semana que vem, a maior mudança está prevista para os setores de serviços e eventos, onde os estabelecimentos poderão voltar a funcionar com 100% de sua capacidade, extinguindo desta forma o sistema de porcentagem de ocupação, além de não ser mais necessário o uso do termômetro na entrada.

A medida se dá principalmente devido à queda acentuada dos percentuais que norteiam a situação pandêmica em Campo Grande, movidos em sua maioria graças ao avanço da vacinação.

As mudanças estão previstas para entrarem em vigor a partir da próxima segunda-feira (20), após as revogações de decretos que devem ocorrer entre hoje e amanhã.

As informações foram passadas a integrantes do setor durante uma reunião realizada na manhã desta quinta (16) na prefeitura de Campo Grande, contando com presença do gestor Marquinhos Trad (PSD) e diversos representantes do comércio Varejista, como o presidente da CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas) Adelaido Vila e o chefe da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) Luiz Eduardo Costa.

Durante a reunião o chefe do executivo ressaltou que regras como o uso da máscara, disponibilização de álcool gel ou líquido na porcentagem e 70% e, a cima de tudo o bom senso seguem como obrigatoriedade básica.

Outra mudança é quanto ao plano de biossegurança que não precisará ser mais entregue e proticolado na prefeitura, como estava sendo exigido, porém, mesmo assim ainda sim, será exigido um plano, que deve ser apresentado a fiscalização, caso ocorra.

Comentários