Com três campanhas de vacinação acontecendo ao mesmo tempo, os imunizantes que protegem contra Covid-19, Influenza e Sarampo estão disponíveis em diversas unidades de saúde da capital. Nesta terça-feira (03) podem se vacinar contra a gripe as crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas que deram à luz a até 45 dias, idosos a partir de 60 anos e trabalhadores da saúde. 

Os grupos de crianças e trabalhadores da saúde também estão elegíveis para receber a tríplice viral, vacina que protege contra o Sarampo, Rubéola e Caxumba. Serão vacinadas, indiscriminadamente, todas as crianças dentro dessa faixa etária e quem atua na área da saúde e não sabe se recebeu o imunizante ou não possua registro da dose. 

A vacina da Covid-19 está disponível para toda a população com cinco anos ou mais em mais de 40 locais. Entre o público de 5 a 11 anos, quem tomou a primeira dose da Pfizer pediátrica até o dia 08 de março ou da Coronavac até 05 e abril já pode completar o ciclo vacinal. 

Os demais públicos devem se atentar ao calendário. Quem tomou primeira dose de Pfizer até o dia 07 de abril, Coronavac até 05 de mesmo mês ou a Astrazeneca até 02 de março já pode receber a segunda dose.  

A terceira dose segue disponível para pessoas com imunocomprometimento de 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose há pelo menos 28 dias e pessoas de 12 anos ou mais que tenham as mesmas condições clínicas e que tenham sido vacinadas com a segunda dose até o dia 01 de janeiro. Vacinados com o Imunizante da Janssen até a mesma também podem tomar a 2ª dose, que já é o reforço. 

Já a quarta dose está liberada para os seguintes públicos: pessoas com 50 anos ou mais, trabalhadores da saúde e pessoas com 18 anos ou mais com alto grau de imunocomprometimento, desde que tenham tomado a terceira dose até dia 31 de dezembro. 

Capital dá continuidade às campanhas de vacinação nesta terça-feira
Capital dá continuidade às campanhas de vacinação nesta terça-feira
Imunização contra gripe, nesta terça-feira (3) — Foto: PMCG/Divulgação
Comentários