Atendimento a população paranhense (Foto: TJMS)

A equipe da Carreta da Justiça começou o ano de 2022. Hoje (27) e amanhã (28) é a vez da cidade de Tacuru receber os serviços, após o programa da Justiça Estadual ter atendido a população paranhense.

Os dois dias de trabalho em Paranhos, circularam pela unidade móvel 350 pessoas em busca de solução para suas demandas. “Assim, com os serviços da Carreta da Justiça, a população não precisa se deslocar até uma comarca-sede na tentativa de solucionar suas pendências judiciais, pois recebe atendimento de uma esquipe preparada na comarca”, explicou o Tribunal de Justiça de MS, por meio de nota.

A exemplo de atendimentos anteriores, sugundo TJMS, as ações disponibilizadas na Carreta da Justiça abrangem matérias jurídicas cíveis e criminais, com destaque para ações de reconhecimento de união estável ou conversão em casamento, pensão alimentícia, execução de alimentos, conversão de separação judicial em divórcio, divórcio, reconhecimento de paternidade, investigação de paternidade e guarda.

Desta vez, os números mostram que 49 pessoas buscaram a unidade móvel para reconhecimentos de união estável e sua conversão em casamento, houve três solicitações de divórcio, um pedido de exoneração de alimentos e três de investigação de paternidade.

Nesses dois dias em que a equipe ficou sob a supervisão do juiz Claudio Müller Pareja, foram abertas 54 novas ações; a defensoria pública realizou 72 atendimentos e foram solicitados 220 agendamentos, atendimentos, consultas, informações e orientações gerais.

Após atendimento em Paranhos e agora em Tacuru, a carreta deve passar pela seguintes cidades, neste primeiro semestre: Aral Moreira (14 e 15/02), Antônio João (17 e 18/02), Caracol (07 e 08/03), Guia Lopes da Laguna (10 e 11/03), Ladário (4 e 5/4), Bodoquena (7 e 8/4), Alcinópolis (2 e 3/5), Figueirão (5 e 6/5), Paraíso das Águas (6 e 7/6) e Jaraguari (9 e 10/6).

No segundo semestre recebem a Carreta da Justiça os municípios de Corguinho (1 e 2/8), Rochedo (4 e 5/8), Selvíria (29 e 30/8), Santa Rita do Pardo (1 e 2/9), Novo Horizonte do Sul (3 e 4/10), Taquarussu (6 e 7/10), Vicentina (7 e 8/11), Jateí (10 e 11/11), Japorã (28 e 29/11), Juti (1 e 2/12), Laguna Carapã (12 e 13/12) e Douradina (15 e 16/12).

Saiba mais – Em uma iniciativa inédita no Brasil, a Carreta da Justiça foi criada no dia 24 de agosto de 2016, durante a solenidade de lançamento do programa Judiciário em Movimento, e com a sanção da Lei nº 4.904/2016, que regulamenta a Emenda Constitucional que acrescenta o art. 112-A à Constituição Estadual de MS, os 79 municípios sul-mato-grossenses tornaram-se sede de comarca.

Dessa forma, durante o ano, a unidade móvel leva a justiça até as comarcas de Alcinópolis, Antônio João, Aral Moreira, Bodoquena, Caracol, Corguinho, Douradina, Figueirão, Guia Lopes da Laguna, Japorã, Jaraguari, Jateí, Juti, Ladário, Laguna Carapã, Novo Horizonte do Sul, Paraíso das Águas, Paranhos, Rochedo, Santa Rita do Rio Pardo, Selvíria, Tacuru, Taquarussu e Vicentina.

Comentários