O taxista foi vítima de latrocínio.(Foto: Divulgação)

Policiais civis e militares de Amambai e Coronel Sapucaia encontraram há pouco o corpo do taxista Sidnei Peixoto de Lima, de 75 anos, conhecido como “Side”. Ele estava desaparecido desde ontem (25), quando saiu para fazer uma corrida até uma aldeia indígena da região.

Encontrado o corpo de taxista que estava desaparecido em Amambai
Foto: Divulgação

Um indígena morador na aldeia Taquapery, no Paraguai, foi preso com o carro da vítima um Toyota Yaris 2020, cor prata e com placas de Amambai, pela Polícia Nacional do Paraguai.

Segundo a delegada da Polícia Civil de Amambai Larissa Franco Serpa, o crime foi elucidado depois da prisão do indígena pela Polícia do Paraguai na manhã desta terça-feira (26) na cidade de Cápitan Bado (PY) com o táxi da vítima.

O suspeito levou os policiais até o local onde estava o corpo do taxista. Ele também confessou a participação no latrocínio e contou que ele e mais um outro indígena, de 15 anos, mataram o taxista para ficar o o veículo.

Comentários