23.8 C
Campo Grande
segunda-feira, 17 de junho, 2024
spot_img

Centro Integrado e óculos de leitura de placas veiculares são as novidades contra irregularidades no trânsito de MS

Foi lançado nesta quinta-feira (09) o Centro Integrado de Segurança Viária de Mato Grosso do Sul. O espaço, situado na sede do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), em Campo Grande, vai monitorar em tempo real e durante as 24 horas do dia todos os veículos que trafegam nas rodovias estaduais ou vias urbanas.

Conforme a explicação, o monitoramento viário já está em funcionamento, sendo realizado por meio de controladores de velocidade e câmeras de videomonitoramento instaladas em pontos específicos das estradas e áreas urbanas. Os equipamentos têm o cuidado de ser sem identificação para prevenir vandalismo.

O Centro receberá o registro de todos os veículos que estiverem trafegando pelas rodovias do Estado. Os operadores farão o trabalho de inteligência, monitoramento e levantamento das informações dos veículos. Outra novidade são os óculos com tecnologia para registro e leitura de placas veiculares, com verificação em tempo real da situação dos mesmos.

O local também vai auxiliar na recuperação de veículos roubados, apreensão de drogas, entre outros. “O Detran tem atuado para o retorno efetivo ao cidadão, melhorando as formas de pagamento e reformando as agências. Além de ter o foco nos pilares da atual gestão, com redução de custos e crescimento”, disse o diretor do Detran, Rudel Trindade.

Presente no evento, o governador Eduardo Riedel elogiou os recursos tecnológicos usados no Centro. “A sociedade está dinâmica e precisa ideias inovadoras que beneficiam a população. O centro integrado é uma ação moderna e tecnológica e vai integrar todas as forças estaduais e federais que atuam no monitoramento e controle”, afirmou.

Ruben Ajala, gerente de fiscalização e patrulhamento do Detran, disse que o Centro possui uma tecnologia que permite criar uma rede para cercar, de forma eletrônica, as rodovias estaduais e urbanas. “Está em fase de instalação e em funcionamento desde janeiro. Já tivemos resultados positivos com veículos recuperados e outras ações de sucesso”.

Leilão de veículos

Centro Integrado e óculos de leitura de placas veiculares são as novidades contra irregularidades no trânsito de MS
Foto: Saul Schramm

Na ocasião, o governador formalizou o termo de cooperação que autoriza a publicação do edital do primeiro leilão de veículos com restrição judicial (Renajud) do país, fruto de parceria com o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

A parceria permite que veículos com bloqueio sejam leiloados de forma ágil e desburocratizada, livre de desembaraço judicial. O desembargador e presidente do TJMS, Sérgio Martins, explicou que agora basta o Detran notificar o juiz.

O prazo para responder é de 60 dias. “Se ele não se pronunciar fica entendido que o leilão pode ser executado. Outros tribunais passaram a adotar este sistema e divulgam o quanto isso é importante”, afirmou.

O leilão vai acontecer no mês de maio, com a oferta de mais de 300 veículos, distribuídos nas modalidades circulação, sucata aproveitável e sucata inservível. Entre os lotes, há veículos que estavam há 15 anos no pátio do Detran.

A estimativa inicial de arrecadação bruta do leilão é de mais de R$ 450 mil. “Carros deteriorando em pátios é perda financeira. Lanço o desafio de zerar os veículos neste pátio, que são 20 mil. Vamos trabalhar para resolver isso”, afirmou o governador.

Também foi entregue da reforma e ampliação de auditório do Detran, que recebeu o nome do servidor “Antonio Carlos Mattos de Lima” (in memorian). A nova estrutura recebeu investimentos de R$ 1,1 milhão, recurso que permitiu promover acessibilidade no local.

Fale com a Redação