Dia vira noite no Parque dos Poderes/Do leitor para a redação

A segunda-feira (26) amanheceu escura e mais parecia fim de tarde em todo o Mato Grosso do Sul. O motivo para a mudança climática repentina, foi a chegada de um ciclone com características subtropicais, provocando fortes chuvas e rajadas de vento. Na Capital, as ruas estão alagadas e a Defesa Civil emitiu alerta de chuvas intensas nas próximas 24 horas, “Fique em casa. Evite áreas alagadas. Atenção redobrada com idosos e animais domésticos”, alertam.

A Marinha do Brasil também emitiu na manhã de hoje (26), alertas de perigo de tempestade para os três estados do Sul e para Mato Grosso do Sul. A notificação de perigo segue até as 10h de terça-feira (27).

“Podem ocorrer precipitações de 30 a 60 mm por hora, combinadas com ventos intensos, de 60 a 100 quilômetros por hora, motivo pelo qual a população deve ficar atenta para riscos de apagões de energia elétrica, queda de árvores e de alagamentos. Há, ainda, previsão de chuva de granizo”, alerta a Marinha.

Em Rio Brilhante uma antena de transmissão da rádio local, caiu devido ao forte vento e acabou quebrando o telhado e atingindo a copa. O prejuízo ainda não foi contabilizado.

Chuva forte atinge o Estado e já causa alagamentos e queda de árvores
Do leitor para redação/Divulgação
Chuva forte atinge o Estado e já causa alagamentos e queda de árvores

No centro de Dourados uma árvore caiu em cima de um veículo. Houve também outra queda com estragos, em frente ao Atacadão na Rua Marcelino Pires.

O Inmet também confirmou que o ciclone irá se afastar do continente, nos próximos dias. A avaliação é de que rume para o leste do país.

Comentários