Tempo chuvoso. (Foto: Edemir Rodrigues)

As regiões Sul e de Fronteira com o Paraguai já estão sentindo na pele a chegada da massa de ar polar que promete deixar o clima mais frio nos próximos dias em Mato Grosso do Sul, especialmente durante o final de semana.

A mudança na temperatura já pôde ser confirmada durante essa quarta-feira (30) em Ponta Porã, onde a diferença nos termômetros nas últimas 24 hoas foi de 12ºC. Ontem, a temperatura mais alta foi 32ºC enquanto que hoje a mínima foi de 20,6ºC, até o final da tarde. Para a quinta (31), a previsão indica mínima de 13 °C e a máxima não passa dos 22 °C, inclusive, com possibilidade para chuviscos.

Chuva, granizo e frio marcam o fim de março e início de abril em MS
Mapa do Inmet mostra a previsão para os próximos dias. A cor amarela indica chuvas intensas e a cor laranja declínio na temperatura

Alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) colocou 47 cidades sul-mato-grossenses para o risco de declínio na temperatura durante as próximas horas. As cidades em alerta são: Amambai, Aral Moreira, Batayporã, Caarapó, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Sete Quedas, Tacuru, Taquarussu e Vicentina.

Além disso, pode chover granizo em 17 cidades (Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Caarapó, Coronel Sapucaia, Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Juti, Laguna Carapã, Mundo Novo, Naviraí, Paranhos, Ponta Porã, Sete Quedas e Tacuru). As chuvas serão de até 100 milímetros por dia, com ventos intensos entre 60 e 100 quilômetros por hora.

O frio também vai atingir a capital e, devido a passagem desta massa de ar frio, Campo Grande pode registrar novos recordes de temperaturas. Até o dia 28 deste mês, a menor temperatura registrada na cidade foi de 19,7°C, no dia 18 de fevereiro.

Apesar diso, a meteorologia salienta que o mês de abril começa com sensação de friozinho, mas aos poucos com a presença do sol as temperaturas ficam mais agradáveis novamente.

Comentários